Jaime Reina/AFP
Jaime Reina/AFP

Nadal homenageia vítimas de enchentes na Espanha com minuto de silêncio

Tenista lidera o ato de solidariedade aos dez mortos em Maiorca; Djokovic também se solidariza

O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2018 | 11h56

O tenista espanhol Rafael Nadal homenageou nesta quinta-feira, 11, na cidade de Manacor às vítimas da enchente que atingiu a cidade de Sant Llorenç des Cardassar na terça-feira, 10, com um minuto de silêncio, acompanhado por dezenas de pessoas na sede do centro esportivo que mantém na região.

Nadal liderou o ato de solidariedade aos dez mortos, como vem fazendo desde o primeiro dia da tragédia, quando ofereceu as instalações do seu centro de tênis aos cidadãos que ficaram desabrigados. Participaram da homenagem o tio do atleta, ex-treinador e diretor do centro, Toni Nadal; o atual treinador, Carlos Moyá; o tenista Jaume Munar; alunos e funcionários da academia.

Nascido em Maiorca, o astro também publicou uma mensagem de apoio às vítimas nas redes sociais. "Dia triste em Maiorca. Minhas mais sinceras condolências aos parentes dos mortos e feridos por causa das sérias inundações em Sant Llorenç", escreveu.

Nadal participou dos trabalhos de socorro e ajudou os serviços de emergência a tirar água e escombros de Sant Llorenç des Cardassar.

Novak Djokovic

Finalista do Masters 1000 de Xangai, na China, o sérvio Novak Djokovic mandou uma mensagem de apoio para as vítimas de enchentes. A manifestação foi publicada no canal oficial da ATP no Twitter. "Fiquei triste após tomar conhecimento das notícias devastantes sobre as inundações em Maiorca. Eu quero enviar minhas condolências para todos que perderam pessoas próximas na vida, membros da família e amigos."

O atual número 3 do mundo também elogiou a ajuda oferecia por Nadal durante todo o episódio. "Envio os melhores desejos de força e boas energias para todos. Eu só posso imaginar o quão difícil é, especialmente para quem esteve no epicentro de tudo. Mando também um abraço amigável para Rafael Nadal, meu amigo, pelo ótimo trabalho que tem feito para ajudar. Convido todos que estão assistindo este vídeo e acompanhando as novidades de Maiorca para apoiar da maneira que puderem".  / com EFE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.