Shannon Stapleton/Reuters
Shannon Stapleton/Reuters

Nadal massacra Roddick e encara Murray em semifinal

Espanhol se aproveita de tática ruim do rival e agora joga com velho freguês

AE, Agência Estado

09 de setembro de 2011 | 19h44

NOVA YORK - Rafael Nadal se garantiu em mais uma semifinal de Grand Slam com um massacre sobre Andy Roddick nesta sexta-feira. O espanhol não tomou conhecimento do tenista local e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1 e 6/3, em apenas 1h53min de partida. No sábado, Nadal enfrentará o escocês Andy Murray, algoz do também local John Isner, em busca da vaga na final do US Open.

Com a classificação do número dois do mundo, o Grand Slam americano terá os quatro primeiros colocados no ranking nas semifinais pela primeira vez desde 1992. Neste ano, os quatro melhores da lista da ATP já se encontraram nas semis de Roland Garros. Nadal ficou com o título no saibro francês.

Desta vez, o espanhol busca a vaga em sua terceira decisão de Grand Slam na temporada. Antes de ser campeão em Roland Garros e vice em Wimbledon, Nadal caiu nas quartas de final do Aberto da Austrália, em janeiro.

Nesta sexta, o espanhol teve pouco trabalho para superar o campeão do US Open de 2003. Irreconhecível em quadra, Roddick abusou dos erros. Foram 25 em todo o jogo, mais que o dobro dos 13 de Nadal. E também esteve longe de acompanhar o ritmo do rival. Registrou apenas 15 bolas vencedoras, menos da metade das 35 do espanhol.

Mais sólido, Nadal começou o jogo abrindo 4/0 no placar, encaminhando o set inicial. Ele dominava a partida com tranquilidade e não teve dificuldade para vencer o segundo set, diante da fragilidade das tentativas do americano. Roddick insistia nas subidas à rede, devidamente frustradas pelos golpes do rival.

No terceiro set, o tenista da casa chegou a receber atendimento médico em quadra, por conta de dores na coxa esquerda. Sem esboçar reação, aceitou a derrota imposta pelo atual campeão do US Open.

No sábado, Nadal fará seu quarto confronto com Murray neste ano, todos em semifinais. O espanhol venceu todos os duelos, no Masters de Montecarlo, Roland Garros e Wimbledon.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenRafael NadalAndy Roddick

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.