John Sommers II/Reuters
John Sommers II/Reuters

Nadal mostra dificuldade, mas vence Seppi em estreia

Espanhol ganha no Masters 1000 de Cincinnati por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (7/3)

Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 22h49

O espanhol Rafael Nadal, agora número três do mundo, voltou a mostrar que ainda está longe de exibir o seu melhor tênis no circuito. Nesta quarta-feira, ele demonstrou dificuldade para vencer o italiano Andreas Seppi por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (7/3), em sua estreia no Masters 1000 de Cincinnati.

Veja também:

linkRoddick perde e é eliminado na estreia

Em um jogo equilibrado, Nadal chegou a sair na frente, com uma quebra de vantagem logo no início do primeiro set. Mas Seppi não demorou para devolver a quebra e levar a parcial para o tie break. Novamente, o espanhol abriu vantagem e desperdiçou dois set points antes de fechar a parcial.

No segundo set, o italiano mostrou maior consistência, vencendo seus games sem ter o saque ameaçado. Além disso, impôs pressão no serviço de Nadal, que precisou salvar oito break points para não perder o saque. Antes do tie break, a partida foi interrompida por causa da chuva.

O jogo só foi retomado quase uma hora depois da paralisação. Nadal foi soberano de novo no tie break e evitou uma surpresa após 2h10min de confronto. Nas oitavas de final, o espanhol, que perdeu o posto de número dois na semana passada, vai enfrentar o francês Paul-Henri Mathieu, que bateu o croata Ivo Karlovic.

Mais cedo, o russo Nikolay Davydenko, 8.º do ranking, eliminou o compatriota Igor Kunitsyn do Masters ao fazer 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 1/6 e 6/3. Davydenko enfrentará na próxima fase o francês Gilles Simon.

Também nesta quarta, o australiano Lleyton Hewitt, ex-número 1 do mundo, não teve problemas para avançar na competição. Ele superou o alemão Benjamin Becker com duplo 6/3, em apenas 1 hora e 8 minutos. Hewitt terá pela frente nas oitavas o vencedor do confronto entre os americanos Andy Roddick e Sam Querrey.

Em outro jogo da rodada, o francês Jeremy Chardy contou com a desistência do americano John Isner para avançar no torneio. Isner abandonou no terceiro set, após vencer o primeiro set, por 7/6 (7/1), e perder o segundo por 6/3. Na última parcial, Chardy vencia por 4/1 quando o americano desistiu da disputa. O francês será o adversário do sérvio Novak Djokovic nas oitavas de final.

Na chave de duplas, o brasileiro Bruno Soares voltou a tropeçar no circuito ao lado de Kevin Ullyett, do Zimbábue. Nesta quarta, eles foram derrotados pela parceria francesa formada por Jo-Wilfried Tsonga e Michael Llodra por 2 sets a 0, parciais de 6/0 e 6/3. Foi a quarta eliminação seguida da dupla em estreias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.