Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Nadal não dá chances e elimina o brasileiro Thomaz Bellucci no Rio

Principal cabeça de chave do torneio carioca, espanhol mostra sua força e ganha sem maiores sustos por 2 a 0, parciais de 6/4 e 6/1

Ronald Lincoln Júnior, O Estado de S. Paulo

17 de fevereiro de 2015 | 22h58

Thomaz Bellucci engrossou o jogo para o espanhol Rafael Nadal apenas no primeiro set, que terminou com a vitória do espanhol por 6 a 4. No segundo, levou um baile e caiu por 6 a 1 – dando adeus ao Rio Open logo na primeira rodada.

O primeiro set, que durou 51 minutos, foi um festival de quebras de saque. Ninguém conseguiu manter o serviço entre o quinto e o nono game, o que deixou o placar em 5 a 4 para o espanhol – que no game seguinte não desperdiçou a chance de fechar a parcial.

A derrota parece ter abalado Bellucci, que começou o segundo set perdendo um ganho que estava quase ganho. Ele abriu 40/0, mas teve o serviço novamente quebrado. E viu a chance de tentar equilibrar o jogo ir embora.

No game seguinte Nadal fez 2 a 0, e em seguida quebrou o serviço de Bellucci pela quinta vez seguida para fazer 3 a 0. O espanhol tomou conta da quadra, e daí até o fim da partida foi um pulo – apressado pelos muitos erros não forçados cometidos pelo brasileiro.

“O primeiro set foi muito igualado, mas no segundo abri vantagem logo e a partir daí meu jogo flui bem”, disse Nadal. “Estou muito motivado para jogar este torneio, porque a energia que o Brasil me passa é impressionante.”

Este é o quarto torneio que ele disputa no País, e nunca perdeu uma partida – foi campeão nos outros três.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.