Nadal, o rei da volta por cima, mira Roland Garros

Rafael Nadal conquistou no domingo seu terceiro título em quatro eventos disputados desde seu retorno ao circuito da ATP, após sete meses afastado por uma lesão de joelho.

Reuters

18 de março de 2013 | 10h51

Demonstrando ótima forma, o espanhol bateu o argentino Juan Martin del Potro (4-6, 6-3, 6-4) na final do Masters de Indian Wells, o que mostra que Nadal, especialista em quadras de saibro, será novamente o homem a ser batido no Aberto da França, que começa no final de maio.

"Ele está como sempre, como no passado, está jogando muito solidamente, muito forte", disse Del Potro, demonstrando abatimento com a derrota no torneio da Califórnia.

"Ele está muito forte mentalmente. Ele tem um grande talento também. Ele bateu ótimos jogadores aqui em Indian Wells. Ele vai brigar pela primeira posição (do ranking) muito em breve."

Há poucas semanas, Nadal nem tinha certeza de que disputaria o torneio nas quadras duras de Indian Wells, onde seu tênis com muita ação e contragolpes costuma ser menos efetivo.

Após a ausência do circuito em consequência de contusão, ele é o quinto no ranking do tênis profissional masculino.

(Reportagem de Mark Lamport-Stokes)

Tudo o que sabemos sobre:
TENISNADALPARIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.