William West/AFP
William West/AFP

Nadal passa por Frances Tiafoe; nas duplas, Bruno Soares vai às quartas

Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, entra em sua reta final

Redação, Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2019 | 10h21

Com facilidade inesperada, o espanhol Rafael Nadal avançou à semifinal do Aberto da Austrália, nesta terça-feira. O número dois do mundo arrasou o norte-americano Frances Tiafoe por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/2, em apenas 1h47min.

Ainda sem perder sets, o dono de 17 títulos de Grand Slam alcançou sua 30ª semifinal em torneios deste nível. Nesta estatística, ele está atrás do suíço Roger Federer, dono de 43 semifinais de Grand Slam, do sérvio Novak Djokovic, com 34, e do norte-americano Jimmy Connors, com 31.

Em seu caminho até a final está o grego Stefanos Tsitsipas, algoz de Federer nas oitavas de final e uma das promessas da nova geração. Mais cedo, nesta terça, ele eliminou o também espanhol Roberto Bautista-Agut em quatro sets: 7/5, 4/6, 6/4 e 7/6 (7/2). Tsitsipas é o atual 15º do ranking.

Para alcançar a sua sexta semifinal em Melbourne, Nadal fez a sua partida mais rápida no Aberto da Austrália até agora. E, nos três sets, o roteiro foi o mesmo: uma quebra de saque precoce encaminhou a vitória. Na segunda e na terceira parciais, a quebra veio logo no primeiro game. Na terceira, ele ainda obteve uma segunda quebra, no sétimo game antes de selar o triunfo.

O espanhol terminou o duelo com 29 bolas vencedoras, contra 24 do rival americano, atual 39º do mundo. Tiafoe anotou 34 erros não forçados, diante de 23 do favorito, que não lhe deu sossego ao longo dos três sets. Nadal registrou quatro quebras, em oito oportunidades, enquanto Tiafoe teve apenas duas chances, não convertidas.

Na quinta-feira, Nadal vai enfrentar Tsitsipas pela terceira vez no circuito. Nos dois jogos anteriores, o espanhol venceu sem ceder sets. Ambas as partidas foram disputadas no ano passado, uma no saibro e outra em quadra dura. Será a primeira vez que o tenista grego, de apenas 20 anos, disputará uma semifinal de Grand Slam.

Bruno Soares vai às quartas nas duplas mistas

O tenista brasileiro Bruno Soares venceu sua segunda partida na chave de duplas mistas do Aberto da Austrália, nesta terça-feira, e avançou às quartas de final. O duplista, que também está nas quartas nas duplas masculinas, joga ao lado da norte-americana Nicole Melichar, que também se destaca nas duplas. Ela é a 13ª colocada deste ranking, e a 687ª na lista de simples da WTA.

Juntos, eles derrotaram a parceria formada pelo pelos húngaros Marton Fucsovics e Timea Babos pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em apenas 47 minutos de confronto. Exibindo força no saque, Soares e Melichar se destacaram também nas bolas vencedoras. Foram 20, contra apenas dez dos rivais.

Nas quartas de final, a dupla cabeça de chave número dois da chave mista vai encarar a norte-americana Abigail Spears e o colombiano Juan Sebastian Cabal, que formam a parceria cabeça número 6 e que foram campeões em 2017. Eles avançaram ao eliminar os holandeses Demi Schuurs e Matwe Middelkoop por 6/1 e 6/2.

Nas duplas masculinas, Soares e o escocês Jamie Murray vão enfrentar o finlandês Henri Kontinen e o local John Peers, que já foram líderes do ranking.

Juvenil

O Brasil encerrou sua participação nas chaves juvenis nesta terça, com a derrota de Mateus Alves diante do canadense Liam Draxl, 15ª cabeça de chave, pelo placar de 7/5 e 6/4, pela segunda rodada.

Antes, pela primeira, Natan Rodrigues foi eliminado pelo checo Dalibor Svrcina por 6/0 e 7/6 (7/3). Ambos, eles jogaram juntos na chave de duplas, mas perderam do francês Valentin Royer e do dinamarquês Holger Vitus Nodskov Rune por 7/6 (7/1), 1/6 e 10/6.

Ambos os jovens brasileiros integram o Time Guga, equipe de jovens apostas do tricampeão de Roland Garros Gustavo Kuerten. Não houve representantes do País na chave feminina juvenil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.