Saeed Khan/AFP
Saeed Khan/AFP

Nadal revela lesão na coxa e desiste do Torneio de Brisbane

Tenista espanhol ficou três meses afastado das quadras, quando abandonou o jogo contra Del Potro pelas semis do US Open

Redação, Estadão Conteúdo

02 Janeiro 2019 | 09h18

Após voltar às quadras na semana passada, Rafael Nadal revelou nesta quarta-feira que está com uma lesão muscular na coxa esquerda e não disputará o Torneio de Brisbane, na Austrália, nesta semana. Ele estrearia na competição, a sua primeira oficial da temporada 2019, na quinta, contra o francês Jo-Wilfried Tsonga.

Nadal fez o seu retorno às quadras no torneio de exibição Mubadala World Tennis Championship, em Abu Dabi, na sexta-feira. Perdeu para o sul-africano Kevin Anderson e, na sequência, desistiu de disputar a partida que definiria o terceiro colocado da competição amistosa.

O atual número dois do mundo voltara a jogar após três meses afastado das quadras. Ele não jogava desde as semifinais do US Open, quando abandonou o jogo contra o argentino Juan Martín del Potro por conta de uma lesão no joelho direito, no início de setembro. Em novembro, passou por uma cirurgia no tornozelo em razão de uma contusão antiga no local.

"Eu me sinto bem, mas depois de um longo período sem jogar, eu senti algo na perna em Abu Dabi, na minha primeira partida. Por isso desisti da segunda. Quando cheguei aqui [Brisbane], fiz uma ressonância magnética que mostrou uma pequena lesão na coxa esquerda", disse o espanhol.

Apesar da lesão, Nadal garante estar bem e em condições de treinar. "Eu treino todo dia. Mas todas as recomendações dos meus médicos, daqui e da Espanha, são de que jogar aqui é um risco, mesmo que eu esteja me sentindo bem. É um risco por causa da chance de não jogar em Melbourne", disse o vice-líder do ranking.

A cidade de Melbourne vai sediar a partir do dia 14, como acontece todos os anos, o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada. Com dores na coxa, Nadal se tornou automaticamente dúvida para o primeiro grande evento do ano.

O espanhol, contudo, diz não desanimar diante da nova lesão. "Eu me sinto positivo. Sinto que o meu corpo está melhor agora do que no ano passado. Acho que esta lesão foi um acidente, uma consequência de ficar de fora por algum tempo nas competições. Tenho que aceitar isso."

Por coincidência, o mesmo Nadal havia dito na terça que pretendia disputar menos torneios nesta nova temporada para evitar maior desgaste do seu corpo. Aos 32 anos, o espanhol indicou que deve tomar decisões como vem fazendo o suíço Roger Federer, que nos últimos anos tem sido mais seletivo nas competições que disputa para poder prolongar ao máximo a sua carreira.

Nadal era o cabeça de chave número 1 do Torneio de Brisbane, de nível ATP 250. Ele estrearia direto na segunda rodada. No lugar do espanhol entrará o japonês Taro Daniel como "lucky loser".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.