Daniel Reinhardt/AP
Daniel Reinhardt/AP

Nadal se sagra campeão em Hamburgo e reage após decepções

Espanhol consegue título após vitória sobre o italiano Fabio Fognini

Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2015 | 11h37

Com gosto de revanche, Rafael Nadal voltou a levantar um troféu neste domingo ao se sagrar campeão do ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha. Na final, o espanhol superou o italiano Fabio Fognini, seu algoz nas duas partidas que disputaram neste ano, por 2 sets a 0, com duplo 7/5, em 2h34min.

Foi seu segundo título em Hamburgo, o terceiro na temporada e o 67º na carreira, sendo agora 47 somente no saibro. Nadal se aproximou da marca do argentino Guillermo Villa, recordista de conquistas na terra batida. O espanhol está a dois troféus de alcançar o recorde.

Neste ano, Nadal venceu também na grama de Stuttgart, na Alemanha, e no saibro de Buenos Aires, na Argentina. O triunfo deste domingo teve sabor de vingança porque Fognini eliminara o espanhol em dois torneios em que costuma brilhar, no Rio Open e em Barcelona, diante de sua torcida.

Neste domingo, a história foi diferente. Após boas exibições nas quartas de final e na semifinal, Nadal manteve o ritmo na decisão, mas não conseguiu se impor com facilidade diante do rival italiano, outro especialista no saibro. A partida foi marcada pelo equilíbrio, apesar do triunfo em sets diretos.

No primeira parcial, os dois finalistas alternaram quebras de saque até o empate em 5/5. Nadal, então, obteve outra quebra, abriu vantagem e fechou o set. Na parcial seguinte, o espanhol oscilou mais. Depois de fazer 3/1, sofreu três quebras em sequência. Fognini até sacou para empatar o jogo, sem sucesso. Nadal, então, mostrou seu conhecido poder de reação e fechou a partida com forte virada.

Com o triunfo, ele deixa para trás as decepções recentes - quedas precoces em Queen''s e Wimbledon - e volta a subir no ranking. Nadal deve galgar uma posição na lista da ATP, para aparecer em 9º. E também fica em situação mais favorável na briga para disputar o ATP Finals, que reúne os oito melhores da temporada no fim do ano, em Londres. Deve aparecer na sexta colocação no ranking a ser atualizado na segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.