Nadal se surpreende com semifinal inédita em Melbourne

Rafael Nadal derrotou o finlandêsJarkko Nieminen nesta terça-feira e alcançou assim sua primeirasemifinal de Grand Slam em quadra dura, admitindo surpresa porter ido tão longe no Melbourne Park. O espanhol segundo cabeça-de-chave, tricampeão do Aberto daFrança e vice-campeão de Wimbledon nos dois últimos anos,derrotou Nieminen por 7-5, 6-3 e 6-1, em uma partida semgrandes dificuldades. Mas sem nunca antes ter passado das quartas-de-final nosAbertos da Austrália ou dos Estados Unidos, Nadal disse que foisurpreendido pelo que conseguiu esta semana. "É melhor do que pensei", declarou ele a repórteres, apóster alcançado as semifinais sem ter perdido nenhum set nacompetição. "Estou feliz, porque sempre é importante cruzar asquartas-de-final." "Se eu estiver na final de domingo, será um sonho para mim.Estou muito contente com meu início...jogar a final em Chennaie estar agora na semifinal". Nadal salvou dois set points antes de vencer a primeiraparcial, e foi aos poucos impondo seu ritmo até vencer oterceiro set com apenas um game perdido. Ele fechou a partidaem 2 horas e 19 minutos. Na semifinal, o espanhol enfrentará o vencedor do confrontoentre o russo 14o cabeça-de-chave, Mikhail Youzhny, e o francêsJo-Wilfried Tsonga, maior surpresa do torneio. Nadal perdeu quatro de 10 partidas contra Youzhny, masadmitiu que, seja quem for o adversário na semifinal, será umjogo duro para ele. "Youzhny é um tenista difícil para mim", observou. "Perdialgumas vezes contra ele. Ele joga muito agressivamente...eestá jogando muito bem." "E Tsonga o mesmo. Grande saque, jogo agressivo. Tenho quejogar agressivamente se quiser vencer a semifinal."

SIMON CAMBERS, REUTERS

22 de janeiro de 2008 | 10h10

Tudo o que sabemos sobre:
TENISNADALMELBOURNE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.