Paul Crock/AFP
Paul Crock/AFP

Nadal supera batalha de cinco sets para derrotar americano Smyczek

Espanhol sofre com problemas no estômago e falta de ritmo ao longo de partida de mais de quatro horas e vencida por 3 sets a 2

Estadão Conteúdo

21 de janeiro de 2015 | 10h57

O espanhol Rafael Nadal precisou superar uma batalha de mais de 4 horas para se garantir na terceira rodada do Aberto da Austrália. Nesta quarta-feira, em uma partida equilibrada e emocionante, o número 3 do mundo derrotou o norte-americano Tom Smyczek, apenas o 112º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 2, com parciais de 6/2, 3/6, 6/7 (2/7), 6/3 e 7/5.

Nesta quarta-feira, diante de um tenista vindo do qualifying, Nadal sofreu com dores no estômago - recebeu atendimento médico no terceiro set - e também com o potente saque de Smyczek. Além disso, a falta de ritmo pode ter atrapalhado o seu rendimento, afinal, a competição em Melbourne á apenas a quarta dele desde Wimbledon, num período em que ele teve uma lesão no pulso direito e passou por uma cirurgia de apendicite.

Nada no primeiro set, porém, indicava que o espanhol teria tamanha dificuldade para triunfar. Afinal, o espanhol conseguiu quebras de saque no quarto e oitavo games para vencer a parcial por 6/2 em 31 minutos. 

Porém, logo no começo do segundo set, Smyczek conseguiu uma quebra de saque, que acabou sendo devolvida no game seguinte. O norte-americano voltou a passar à frente no sétimo game, se aproveitando de uma dupla falta de Nadal e fechou a parcial em 6/3 com mais uma quebra de serviço. 

Embalado, Smyczek, abriu 2/0 com uma quebra de saque no começo do terceiro set, mas perdeu o seu serviço em seguida. Nadal converteu mais um break point, no sétimo game, e parecia encaminhar a sua vitória na parcial, mas o norte-americano reagiu e devolveu a quebra no décimo. Assim, levou o set para o tie-break, abriu 4/1 e venceu por 7/2. 

Nadal, então, reagiu no quarto set. Sem dar muitas chances a Smyczek, o espanhol conseguiu a única quebra de saque da parcial no sexto game e a venceu por 6/3, levando a partida para o quinto set, que seguiu igual até o 11º game, quando Nadal pressionou o norte-americano e conseguiu a quebra de saque. 

Depois, no seu serviço, o espanhol desperdiçou dois match points. No terceiro, ele fechou a partida e se garantiu na terceira rodada do Aberto da Austrália após uma batalha de 4 horas e 12 minutos. Agora ele terá pela frente o israelense Dudi Sela, número 105 do mundo, que nesta quarta-feira superou o checo Lukas Rosol (7/6, 5/7, 7/5 e 6/3).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisAberto da AustráliaNadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.