Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Nadal tem trabalho, mas supera compatriota na estreia no Rio Open

Número 1 do mundo leva 1h40 para derrotar Daniel Gimeno-Traver, com parciais de 6/3 e 7/5

Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 22h41

RIO - Apenas o número 84 do mundo, o espanhol Daniel Gimeno-Traver deu trabalho ao seu compatriota Rafael Nadal, líder do ranking mundial, na estreia do astro no Rio Open, nesta terça-feira à noite, na arena montada no Jóquei Clube do Rio. Nadal precisou de 1h40min para vencer em dois sets, parciais de 6/3 e 7/5.

Agora, nas oitavas de final, Rafael Nadal, que atraiu bom público à quadra central nesta terça-feira, vai enfrentar o também espanhol Albert Montañes, que passou pelo holandês Robin Haase, ao mesmo tempo, na quadra 1.

Também nesta terça-feira, o segundo cabeça de chave, o espanhol David Ferrer, fez valer seu favoritismo para derrotar o francês Jeremy Chardy por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3. Fabio Fognini, por sua vez, teve trabalho. Levou um ''pneu'' do esloveno Aljaz Bedene, mas venceu com 7/5 (7/5), 0/6 e 6/1, em quase duas horas de partida.

Num duelo de argentinos saiu o próximo adversário de Thomaz Bellucci. E será Juan Monaco, que ganhou de Horácio Zeballos em dois sets: 6/3 e 6/1. Em duelo sul-americano, Pablo Cuevas, do Uruguai, ganhou de Alejandro Gonzalez, da Colômbia. Ele pega o italiano Fognini na próxima rodada. Ferrer enfrenta o argentino Federico Delbonis.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBrasil OpenRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.