Nadal tenta parar sequência de Djokovic no Aberto da Austrália

Sérvio tenta o seu quinto título no Grand Slam disputado em Melbourne

O Estado de S. Paulo

11 de janeiro de 2014 | 21h39

MELBOURNE - No torneio masculino, mais uma vez a grande expectativa é por um duelo entre Rafael Nadal e Novak Djokovic na final. O espanhol, após cumprir excelente temporada em 2013, com dez títulos, já iniciou 2014 com tudo. Levantou a taça em Doha, o que significou o primeiro título que ganhou em janeiro na carreira.

O sorteio da chave apontou para o número um do mundo a possibilidade de enfrentar um bom número de australianos. Na primeira rodada, encara Bernard Tomic. Depois, poderá ter pela frente a revelação Thanasi Kokkinakis. Nas oitavas, é provável que enfrente o eterno Lleyton Hewitt, que surpreendeu Roger Federer na final de Brisbane.

Novo pupilo de Boris Becker, Djokovic, consagrado nas quadras azuis, sendo o atual tricampeão em Melbourne Park, só deverá ter mais dificuldades nas quartas, contra o suíço Stanislas Wawrinka

Vitória. Thomaz Bellucci, que não vive bom momento há bastante tempo, ao menos conseguiu um lugar na chave principal do Aberto da Austrália. Ontem, na última rodada do torneio qualificatório, o paulista de Tietê bateu o japonês Taro Daniel por 2 a 0 (7/5 e 6/2) e vai disputar o primeiro Grand Slam do ano pela sexta vez na carreira.

Além da vitória, Bellucci teve a sorte de escapar de um jogador consagrado na estreia na chave principal, onde é o único brasileiro. Ele vai pegar o alemão Julian Reister, 87º colocado do ranking da ATP.

"Estou muito feliz de ter passado. Foram três vitórias importantes, principalmente por ser início de temporada, que, com certeza, vão me dar ritmo e confiança", comenta. "Agora começa um novo torneio, com jogos em melhor de cinco sets. Estou motivado para continuar avançando aqui na Austrália."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.