Emilio Naranjo/EFE
Emilio Naranjo/EFE

Nadal vence fácil e Espanha abre 2 a 0 sobre a Ucrânia na Copa Davis

Campeão do último Grand Slam do ano, tenista ajudou equipe a ficar mais perto da elite do torneio

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2013 | 14h49

MADRI - Atravessando uma fase espetacular no circuito profissional do tênis, Rafael Nadal ajudou a Espanha a ficar muito perto de voltar para elite da Copa Davis. Nesta sexta-feira, o atual vice-líder do ranking mundial arrasou Sergiy Stakhovsky por 3 sets a 0, com parciais de 6/0, 6/0 e 6/4, em Madri, e fez o seu país abrir 2 a 0 sobre a Ucrânia na série melhor de cinco jogos do playoff para o Grupo Mundial da competição.

Poucas horas mais cedo, Fernando Verdasco garantiu o primeiro ponto dos espanhóis neste embate entre as duas nações ao superar Alexandr Dolgopolov por 3 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/4, 6/4 e 6/2.

Campeão do US Open na última segunda-feira, quando derrotou o sérvio Novak Djokovic na decisão, Nadal voltou a mostrar a condição de rei do saibro nesta sexta. Atuando em seu piso predileto na Caja Mágica de Madri, aplicou dois "pneus" (6/0) consecutivos sobre Stakhovsky, que só deu algum trabalho ao espanhol no terceiro set.

Nadal aproveitou sete de 15 chances de quebrar o saque do ucraniano e salvou a única oportunidade de quebra cedida ao adversário em toda partida. Desta forma, encaminhou o seu triunfo em apenas uma hora e 42 minutos.

Com as vitórias desta sexta, a Espanha terá a chance de liquidar o confronto diante da Ucrânia neste sábado, para quando está programado o duelo de duplas, no qual Marc López e Tommy Robredo estão escalados para encarar Vladyslav Manafov e Denys Molchanov.

HOLANDA X ÁUSTRIA

Outro país que já está a apenas uma vitória de garantir retorno para o Grupo Mundial da Davis, em jogos já encerrados nesta sexta-feira, foi a Holanda. O país abriu 2 a 0 na série melhor de cinco jogos diante da Áustria com vitórias de Robin Haase e Thiemo de Bakker, em Groningen (HOL). O primeiro deles derrotou Oliver Marach por 3 sets a 0, com 6/4, 6/3 e 6/1, enquanto o segundo passou por Jurgen Melzer por 3 a 2, com parciais com 5/7, 7/5, 5/7, 6/4 e 6/1.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.