Nadal vence Puerta e é campeão em Paris

O espanhol Rafael Nadal derrotou o argentino Mariano Puerta por 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (6-8), 6/3, 6/1 e 7/5, neste domingo em Paris, e conquistou o título do torneio de tênis de Roland Garros. O troféu foi entregue ao tenista de 19 anos pelo meia francês Zinedine Zidane, astro do Real Madrid. Rafael Nadal, atual quinto colocado no ranking mundial, conquistou a vigésima quinta vitória consecutiva no saibro e seu primeiro título de Grand Slam. A final teve a duração de três horas e 24 minutos. A fase de Nadal é excelente. Ele já conquistou este ano os títulos da Costa do Sauípe, Acapulco, Montecarlo, Barcelona e Roma. Antes da vitória deste domingo, havia eliminado nada menos que o número 1 do mundo, o suíço Roger Federer, na sexta-feira. Emocionado depois da partida, Nadal não escondeu as lágrimas: "Foi incrível vencer em Roland Garros. Foi um sonho: é a primeira vez que disputo este torneio. Mariano foi o adversário mais difícil destas duas semanas e foi uma grande partida", disse Nadal. Os dois tenistas chegaram pela primeira vez à disputa de uma final de Grand Slam e foi a primeira participação do espanhol. Puerta havia chegado à terceira rodada de Roland Garros em 2000. O primeiro set foi muito equilibrado e só foi definido no tie-break, em favor de Puerta, por 7/6 (8-6). Mas a partir daí Nadal se soltou mais. No segundo set, Nadal quebrou o serviço do adversário no quarto game e isto foi decisivo para sua vitória por 6/3. No terceiro set, ele foi mais eficiente ainda e quebrou o serviço do adversário por três vezes: 6/1. Já o quarto e decisivo set foi mais equilibrado e terminou com a vitória do espanhol por 7/5. A derrota deste domingo não parece ter abalado a confiança de Puerta, de 26 anos, que voltou ao circuito profissional há 11 meses depois de ter enfrentado uma série de contusões. "Há alguns meses iniciei uma partida muito difícil. Hoje não ganhei mas sinto como se tivesse ganhado", afirmou o argentino depois da partida. O rei Juan Carlos, da Espanha, disse ter ficado muito feliz pela ?dupla vitória?, como ele definiu. ?Estou feliz pela vitória de Nadal e pelo nascimento de meu sexto neto; minha filha acabou de dar à luz a uma menina?, disse o rei, depois da partida, ao deixar o estádio. Foi a segunda vez que o monarca assistiu a uma final de Roland Garros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.