Nadal volta a sofrer, mas avança às quartas em Pequim; Berdych cai na estreia

Assim como aconteceu na estreia, Rafael Nadal sofreu para despachar mais um azarão na segunda rodada do Torneio de Pequim, nesta quarta-feira, quando venceu o canadense Vasek Pospisil por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4, e garantiu vaga nas quartas de final no ATP 500 chinês disputado em quadras duras.

Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2015 | 13h02

Na primeira rodada, o tenista espanhol, terceiro cabeça de chave da competição, precisou suar para eliminar o chinês Di Wu, convidado da organização e hoje o 230º da ATP, por 2 sets a 0, com duplo 6/4, na última terça. E agora, diante do 44º colocado da ATP, o atual oitavo tenista do mundo só garantiu seu triunfo após 1h47min em ação.

Com a nova vitória suada, Nadal se credenciou para enfrentar na próxima fase o norte-americano Jack Sock, que em outro jogo do dia arrasou o austríaco Andreas Haider-Maurer com parciais de 6/3 e 6/1.

Para passar por Pospisil nesta quarta, Nadal encarou o tie-break já no primeiro set, que liquidou em 7/3 após os dois tenistas confirmarem todos os seus saques e forçarem o desempate. E o equilíbrio também foi grande na segunda parcial, tanto que o ex-número 1 do mundo só obteve uma quebra de saque na única chance que teve de vencer no serviço do adversário, que desta vez não conseguiu nenhum break point depois de ter desperdiçado uma oportunidade de quebra no primeiro set.

Mas, se Nadal voltou a vencer de forma apertada, o checo Tomas Berdych decepcionou ao ser eliminado já na estreia do Torneio de Pequim. Campeão em Shenzhen na última segunda-feira, o segundo cabeça de chave do ATP 500 chinês acabou surpreendido pelo uruguaio Pablo Cuevas ao cair por duplo 6/4.

Atual quinto colocado do ranking mundial, Berdych não conseguiu converter nenhum dos seis break points cedidos pelo atual 37º colocado da ATP, que aproveitou duas de seis chances de quebrar o saque do checo para seguir em frente na competição.

Assim, o tenista sul-americano assegurou classificação à segunda rodada e terá como próximo rival o croata Ivo Karlovic, que nesta quarta-feira derrotou o espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 7/5 e 7/6 (7/1).

Já em outro duelo válido pela segunda rodada neste dia de confrontos em Pequim, o espanhol David Ferrer confirmou a condição de quarto cabeça de chave ao bater o checo Lukas Rosol por 7/6 (7/5) e 6/2. Antes disso, Ferrer havia passado pelo brasileiro Thomaz Bellucci na estreia, na última terça. O seu próximo adversário será o taiwanês Yen-Hsun Lu, que eliminou o sérvio Viktor Troicki com parciais de 6/4 e 7/5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.