Nalbandian se diz bem fisicamente para final no Brasil

Depois de duas partidas complicadas no torneio, o tenista argentino David Nalbandian não teve dificuldades para vencer o italiano Simone Bolelli neste sábado e se classificar para a final do Brasil Open. Após o jogo, ele garantiu estar bem fisicamente para a grande decisão, que será neste domingo, às 13 horas, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

AMANDA ROMANELLI E NATHALIA GARCIA, Agência Estado

16 de fevereiro de 2013 | 19h33

"Me sinto bem. Por causa das condições, os pontos são muito curtos e não há muito desgaste", afirmou Nalbandian, que enfrentará na final o vencedor do confronto entre o espanhol Rafael Nadal e o argentino Martin Alund.

Nalbandian ficou afastado das quadras nos últimos cinco meses por causa de uma lesão abdominal, que o tirou de importantes torneios e o fez encerrar a temporada mais cedo no ano passado. Apesar do bom retorno no Brasil Open, ele continua a brigar contra o excesso de peso.

Mas isso não o impediu de ser superior na semifinal deste sábado. Ele fechou a partida com 2 sets a 0 (6/3 e 7/5). "Comecei muito bem, o Bolelli um pouco mais impreciso e pude manter a diferença. No segundo set, a partida foi mais equilibrada", avaliou o argentino de 31 anos, que já foi número 3 do mundo e hoje ocupa a 93ª colocação.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBrasil OpenNalbandian

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.