Nalbandian vence Calleri e avança em Barcelona

O terceiro cabeça-de-chave do Torneiode Barcelona, David Nalbandian, recuperou-se de um baqueinicial para derrotar o compatriota argentino Agustín Calleripor 1-6, 7-6 e 6-3, na terça-feira, tornando-se o primeiroclassificado para a terceira rodada da competição. Calleri, semifinalista do torneio no ano passado, passoufacilmente pelo primeiro set em 26 minutos. Nalbandian sacoumuito mal e permitiu ao adversário, número 60 do mundo, a tomara iniciativa. Nalbandian depois desperdiçou uma liderança de 4-0 nosegundo set e foi obrigado a disputar o tiebreak, ganhando por7-2. O argentino quebrou o saque de Calleri no primeiro game doset decisivo e repetiu o feito no nono game para conseguir avitória. Ele agora enfrenta o vencedor do encontro entre osuíço Stanislas Wawrinka e Yuri Schukin, do Cazaquistão. O também argentino Guillermo Coria continua sua luta parareconquistar a forma depois de uma lesão. Ele foi derrotado por5-7, 6-4, e 6-4 pelo russo Teimuraz Gabashvili, pela primeirarodada. Coria, vice-campeão do Aberto da França em 2004, enfrentaproblemas no ombro desde então. Ele chegou a liderar o setdecisivo por 4-2, mas não conseguiu aproveitar a vantagemcontra o número 138 do mundo. No mês passado, Coria perdeu de 6-0, 4-6 e 6-0 para oitaliano Flavio Cipolla em um evento Challenger em Nápoles, masdisse que seu desempenho contra Gabashvili lhe encorajou. "Hoje, fui para casa satisfeito, não como na Itália", disseele a jornalistas. "Ali senti vergonha pelas pessoas." "Preciso ser mais humilde, para aceitar aonde estou nojogo. Antes, eu não aproveitava o tênis. Mas agora édiferente". O espanhol Feliciano López, 16o cabeça-de-chave, avançougraças ao abandono do argentino José Acauso, machucado. O 10opré-classificado e compatriota de Lopez, Nicolas Almagro, eErnests Gulbis, da Letônia, também se beneficiaram pordesistências de seus oponentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.