Andy Rain/EFE
Andy Rain/EFE

Naomi Osaka cai na estreia em Wimbledon e perde chance de voltar a ser número 1

Japonesa não teve chance contra Yulia Putintseva, que venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2019 | 14h10

Atual campeã do US Open e do Aberto da Austrália, a japonesa Naomi Osaka não apresentou o mesmo desempenho nos dois Grand Slams seguintes. Em Roland Garros, no mês passado, no saibro de Paris, caiu na terceira rodada. Nesta segunda-feira, foi eliminada precocemente na estreia de Wimbledon, na grama de Londres, e desperdiçou a chance de voltar ao posto de número 1 do mundo. A atual segunda colocada do ranking da WTA perdeu para a casaque Yulia Putintseva por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2.

Depois que foi campeã em janeiro deste ano do Aberto da Austrália, Osaka assumiu a liderança do ranking. Ficou 21 semanas na ponta, mas isso aos trancos e barrancos por conta de problemas físicos que limitaram a sua participação em torneios em quadra dura e no saibro. A sua sorte era que as rivais não conseguiam alcançá-la neste período. O posto de número 1 só foi perdido para Ashleigh Barty depois do título da australiana em Roland Garros.

A japonesa de 21 anos era uma das cinco jogadoras que disputavam a liderança do ranking da WTA após a disputa do terceiro Grand Slam da temporada. Agora, a holandesa Kiki Bertens e as checas Petra Kvitova e Karolina Pliskova são as tenistas que ainda ameaçam Barty no posto.

Com a vitória sobre a número 2 do mundo, a sua oitava contra uma tenista Top 10 na carreira, Putintseva terá pela frente agora a suíça Viktorija Golubic, que mais cedo venceu a polonesa Iga Swiatek, de apenas 18 anos, por 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 7/6 (7/3).

Outra surpresa do dia foi a eliminação da atual vice-campeã de Roland Garros. Cabeça de chave número 16, a checa Marketa Vondrousova perdeu para a norte-americana Madison Brengle por duplo 6/4. A tenista dos Estados Unidos jogará agora contra a também checa Karolina Muchova, que ganhou da sérvia Aleksandra Krunic por 7/5 e 6/2.

Também nesta segunda-feira avançaram a letã Anastasija Sevastova (cabeça de chave número 12), a norte-americana Danielle Rose Collins e as russas Anastasia Potapova e Veronika Kudermetova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.