José Sena Goulão|EFE
José Sena Goulão|EFE

Nicolás Almagro anuncia aposentadoria do tênis após disputa de torneio na Espanha

Atleta de 33 anos fez o anúncio antes de enfrentar o compatriota Mario Vilella Martínez

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2019 | 18h01

O tenista espanhol Nicolás Almagro anunciou nesta segunda-feira a sua aposentadoria do tênis após a disputa nesta semana do Torneio Challenger de Murcia, na Espanha. O atleta, de 33 anos, fez o anúncio em uma entrevista coletiva na véspera de enfrentar o compatriota Mario Vilella Martínez pela primeira rodada da competição.

"Eu deixo isso. Eu deixo o tênis e quero fazer aqui, no meu clube, o Murcia Club Tênis, com minha família, meus amigos, na minha cidade e neste maravilhoso torneio", disse Almagro, que ao longo de sua carreira conquistou 13 títulos da ATP (nenhum Masters 1000 ou Grand Slam).

O melhor ranking de Almagro foi o nono lugar em maio de 2011, ano em que ganhou os torneios de Nice (França), Buenos Aires (Argentina) e Costa do Sauipe (Brasil Open).

O tenista espanhol tem também dois títulos consecutivos do Torneio de Acapulco, no México, conquistados em 2008 e 2009, quando a competição ainda era disputada no saibro, tipo de piso no qual todos as suas taças foram ganhas. A última foi em Estoril, em Portugal, em 2016.

Uma série de lesões nos últimos anos causaram o abandono precoce da carreira. Em 2004, em Roland Garros, Almagro enfrentou pela primeira e única vez o brasileiro Gustavo Kuerten. Ele perdeu, mas foi em cinco sets: 7/5, 7/6 (7/2), 1/6, 3/6 e 7/5.

Mais conteúdo sobre:
tênisNicolas Almagro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.