Nieminen vence Tomic em 28 minutos e bate recorde em Miami

Com esta marca, finalndês superou o britânico Greg Rusedski, que era o dono da vitória mais rápida da história

AE, Agência Estado

20 de março de 2014 | 18h37

MIAMI - O finlandês Jarkko Nieminen entrou para a história do tênis profissional nesta quinta-feira. Em sua estreia no Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, ele conquistou a vitória mais rápida da ATP, ao massacrar o australiano Bernard Tomic, pelo placar de 6/0 e 6/1, em apenas 28 minutos e 20 segundos de jogo.

Com esta marca, Nieminen superou o britânico Greg Rusedski, que era o dono da vitória mais rápida da história. Em 1996, ele vencera o alemão Carsten Arriens por duplo 6/0 em 29 minutos.

O novo recorde contou com uma "ajuda" de Tomic. O australiano de 21 anos, considerado uma das promessas do circuito, voltou às quadras sem o ritmo de jogo necessário para o torneio, que só perde em importância para os Grand Slams e para o ATP Finals. Submetido a uma cirurgia no quadril há dois meses, ele só voltara a treinar na semana passada.

Longe de suas melhores condições, o australiano foi presa fácil do bom saque de Nieminen. O finlandês contou com grande aproveitamento no serviço - venceu 85% dos pontos quando jogou com o primeiro saque - para abreviar os pontos e vencer rapidamente a partida. Na segunda rodada, Nieminen terá pela frente o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que folgou na rodada de abertura.

Também nesta quinta-feira avançaram na chave masculina os espanhóis Daniel Gimeno-Traver e Guillermo Garcia-Lopez, os locais Ryan Harrison e Jack Sock, os franceses Edouard Roger-Vasselin e Stephane Robert, o eslovaco Lukas Lacko, o usbeque Denis Istomin, o taiwanês Lu Yen-Hsun e o esloveno Aljaz Bedene.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMasters de MiamiNieminenrecorde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.