Ronald Zak/AP
Ronald Zak/AP

Nishikori atropela Thiem e vai à semifinal em Viena; Anderson avança

Japonês venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, nesta sexta-feira

Estadão Conteúdo

26 Outubro 2018 | 16h58

O austríaco Dominic Thiem foi surpreendido nesta sexta-feira e acabou eliminado do Torneio de Viena. Diante de sua torcida, o cabeça de chave número 1 do ATP 500 não foi páreo para o japonês Kei Nishikori, que garantiu vaga nas semifinais ao triunfar por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1.

Número 7 do mundo, Thiem foi completamente dominado por Nishikori, ex-Top 5 e atual 11.º colocado no ranking. O quinto cabeça de chave da competição lembrou seus melhores dias, passeou em quadra e confirmou cinco das dez oportunidade de quebra que teve para vencer em apenas 1h08min de partida.

Agora, Nishikori terá pela frente a principal surpresa do Torneio de Viena. O japonês vai encarar o casaque Mikhail Kukushkin, que saiu do qualifying para chegar às semifinais. O número 71 do mundo passou nesta sexta pelo húngaro Marton Fucsovics por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 7/6 (7/2) e 7/6 (7/4).

Do outro lado da chave, o sul-africano Kevin Anderson voltou a se aproveitar da desistência de um rival para avançar à semifinal do Torneio de Viena. Nesta sexta-feira, o segundo favorito da competição encarou Borna Coric, viu o croata precisar abandonar a partida no segundo set e, assim, se classificou.

Anderson havia vencido o primeiro set por 7/6, com 7/2 no tie-break, e perdia por 2/1 o segundo quando Coric acusou uma lesão e precisou deixar o confronto. Nas oitavas, o sul-africano já havia se beneficiado da desistência de Jurgen Melzer, que sequer entrou em quadra para enfrentá-lo graças a um problema físico.

Curiosamente, Anderson vai encarar agora outro tenista beneficiado por um abandono nesta sexta-feira. O sul-africano terá pela frente Fernando Verdasco, número 30 do ranking, que avançou graças à desistência do francês Gael Monfils no segundo set do confronto entre eles, após vitória do espanhol por 6/4 no primeiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.