Nishikori e Berdych vencem na estreia no Torneio de Halle

O japonês Kei Nishikori estreou com vitória no Torneio de Halle, ATP 500 disputado em quadras de grama. Nesta terça-feira, o número 5 do mundo avançou na competição alemã ao derrotar o austríaco Dominic Thiem, 29º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/5.

Estadão Conteúdo

16 de junho de 2015 | 16h17

Nishikori sofreu com o saque de Thiem, que disparou 11 aces, quatro a mais do que ele, mas ainda assim conseguiu vencer ao aproveitar dois de cinco break points, além de salvar o saque em 9 das 10 oportunidades em que o seu adversário teve para quebrá-lo. Nas oitavas de final em Halle, o japonês terá pela frente o alemão Dustin Brown.

Número 6 do mundo, o checo Tomas Berdych também avançou na sua estreia no ATP 500 alemão ao bater nesta terça o dominicano Victor Estrella, 49º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Seu próximo oponente será o croata Borna Coric.

O francês Gael Monfils, número 14 do mundo, avançou em Halle ao bater o checo Lukas Rosol, 39º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Agora ele terá pela frente o casaque Mikhail Kukushkin, que passou pelo checo Jiri Vesely (6/1, 6/7 e 7/5).

O espanhol Tommy Robredo, número 20 do mundo, venceu o lituano Ricardas Berankis, 92º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (4/7) e 7/6 (7/1). Ele disputará uma vaga nas quartas de final com o italiano Andreas Seppi, que passou pelo alemão Tommy Haas (7/5 e 6/2).

Por sua vez, o letão Ernests Gulbis será o oponente do suíço Roger Federer nas oitavas de final após superar, nesta terça, o ucraniano Sergiy Stakhovsky (6/4 e 7/6).

Também nesta terça, o polonês Jerzy Janowicz venceu o uruguaio Pablo Cuevas (6/3 e 6/4), o norte-americano Steve Johnson eliminou o australiano Bernard Tomic (6/3 e 7/6) e o croata Ivo Karlovic bateu o colombiano Santiago Giraldo (6/7, 6/4 e 6/4).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.