Nishikori e Daniel vencem, Japão bate Colômbia e se garante na elite da Davis

Com duas vitórias conquistadas neste domingo, em Pereira (COL), o Japão fechou em 3 a 2 a série melhor de cinco jogos que travou com a Colômbia pela repescagem da Copa Davis. Assim, os japoneses se garantiram no Grupo Mundial da competição, em 2016, e frustraram o sonho colombiano de ingressar à elite pela primeira vez.

Estadão Conteúdo

20 de setembro de 2015 | 20h29

Em desvantagem de 2 a 1 após a derrota no duelo de duplas do último sábado, o Japão abriu o dia com Kei Nishikori, atual sexto tenista do ranking mundial, vencendo Santiago Giraldo, o 59º da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 7/6 (7/3).

Em seguida, o experiente Alejandro Falla, de 32 anos, despontava como favorito no saibro colombiano diante de Taro Daniel, o 124º tenista do mundo, mas o japonês acabou saindo como herói do seu país no confronto ao vencer, também por 3 a 0, com 7/6 (7/3), 6/3 e 6/2.

Essa foi, por sinal, a primeira vitória de Daniel em um confronto de Davis, após três derrotas em duelos anteriores. Já Falla, o 123º da ATP, trazia na bagagem a experiência de quem ostentava 22 vitórias e nove derrotas na competição. Entretanto, não conseguiu se impor e acabou batido até com certa facilidade pelo japonês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.