Dave Hunt/EFE
Dave Hunt/EFE

Kei Nishikori passa David Ferrer e sobe no ranking da ATP

Tenista japonês sobe uma posição e ocupa o 7º lugar na lista

Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2016 | 12h45

A ATP divulgou nesta segunda-feira mais uma atualização de seu ranking, a segunda do ano de 2016, após a realização dos primeiros torneios do ano. O sérvio Novak Djokovic continua nadando de braçadas na liderança, enquanto a única mudança no Top 10 foi protagonizada pelo japonês Kei Nishikori, que subiu uma posição.

A ida às quartas de final do Torneio de Brisbane, na Austrália, foi suficiente para que Nishikori subisse para a sétima colocação. Ele foi beneficiado pela campanha ruim de David Ferrer em Doha, no Catar. O espanhol caiu logo na estreia para o ucraniano Illya Marchenko e acabou perdendo uma posição no ranking. Agora, é o oitavo.

Marchenko, aliás, foi o principal destaque desta atualização do ranking. O desconhecido ucraniano de 28 anos fez grande campanha em Doha e só caiu na semifinal para Rafael Nadal, após eliminar três tenistas com melhores colocações no ranking (Ferrer, Teymuraz Gabashvili e Jeremy Chardy). Com isso, subiu da 94.ª para a 78.ª posição.

Também houve outras alterações no Top 20 do ranking. O espanhol Feliciano López foi prejudicado por sua péssima campanha no Catar, caindo logo de cara diante do compatriota Daniel Muñoz de la Nava, e perdeu duas posições. Assim, o australiano Bernard Tomic subiu para 17.º e o francês Benoit Paire para 18.º.

Se o ranking teve algumas mudanças, a primeira colocação já virou uma hegemonia e parece cada vez mais longe de ser alterada. Novak Djokovic abriu ainda mais vantagem na ponta após o título em Doha e está com quase o dobro de pontos do segundo colocado Andy Murray. O sérvio tem 16.790, contra 8.945 do britânico.

Entre os brasileiros, Thomaz Bellucci segue como o único entre os 100 primeiros, mantendo-se na 37.ª colocação. Rogério Dutra Silva caiu uma posição e é o 126.º. Em queda vertiginosa nos últimos meses, João Souza, o "Feijão", perdeu mais seis colocações e é o 148.º, pouco à frente de André Ghem, o 152.º.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1) Novak Djokovic (SER), 16.790 pontos

2) Andy Murray (GBR), 8.945

3) Roger Federer (SUI), 8.165

4) Stan Wawrinka (SUI), 6.865

5) Rafael Nadal (ESP), 5.230

6) Tomas Berdych (RCH), 4.560

7) Kei Nishikori (JAP), 4.235

8) David Ferrer (ESP), 4.055

9) Richard Gasquet (FRA), 2.850

10) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.635

11) John Isner (EUA), 2.495

12) Kevin Anderson (RSA), 2.475

13) Marin Cilic (CRO), 2.405

14) Milos Raonic (CAN), 2.270

15) Gilles Simon (FRA), 2.145

16) David Goffin (BEL), 1.835

17) Bernard Tomic (AUS), 1.720

18) Benoit Paire (FRA), 1.703

19) Feliciano López (ESP), 1.690

20) Dominic Thiem (AUT), 1.645

-------

37) Thomaz Bellucci (BRA), 1.105

126) Rogério Dutra Silva (BRA), 473

148) João Souza (BRA), 402

152) André Ghem (BRA), 389

183) Guilherme Clezar (BRA), 275

Tudo o que sabemos sobre:
tênisATP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.