Tim Ireland/AP
Tim Ireland/AP

Nishikori surpreende Federer e estreia com vitória no ATP Finals

Japonês aproveita exibição abaixo do esperado de suíço e leva a melhor por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2018 | 21h11

Diante de um Roger Federer que exibiu uma atuação muito abaixo do seu nível habitual, o japonês Kei Nishikori surpreendeu ao estrear com vitória no ATP Finals. O atual nono colocado do ranking mundial superou o suíço por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4, em Londres, na noite desta segunda-feira, no duelo que fechou a primeira rodada do Grupo Lleyton Hewitt, nomeado em homenagem ao australiano ex-número 1 do mundo.

Assim, o tenista oriental se juntou ao sul-africano Kevin Anderson na ponta desta chave, no qual horas mais cedo o jogador da África do Sul derrotou o austríaco Dominic Thiem, também por 2 sets a 0, com 6/3 e 7/6 (12/10).

Longe de lembrar do jogador que travou um grande jogo com o sérvio Novak Djokovic nas semifinais do Masters de Paris, no final de semana passado, Federer assim precisará buscar a reabilitação na segunda rodada do Grupo Lleyton Hewitt, na terça-feira, quando terá pela frente Thiem. Já Nishikori e Anderson jogarão pelo topo da chave no mesmo dia.

No confronto da noite deste domingo, Federer só conseguiu quebrar o saque de Nishikori por uma vez, enquanto o japonês converteu os dois break points cedidos pelo suíço no confronto para triunfar em sets diretos.

Essa foi apenas a terceira vitória do tenista do Japão em dez jogos contra o atual terceiro colocado da ATP. E o recordista de títulos de Grand Slam não perdia uma partida para o adversário desde 2014, quando foi surpreendido no Masters 1000 de Miami. Neste ano, por sua vez, o jogador da Basileia já havia batido Nishikori em duas ocasiões, nos Masters de Xangai e de Paris.

As disputas do torneio de simples do ATP Finals seguirão nesta segunda-feira com mais dois jogos que abrirão o Grupo Guga Kuerten. No primeiro deles, marcado para começar às 12 horas (de Brasília), o alemão Alexander Zverev encara o croata Marin Cilic. Depois, às 18h, o sérvio Novak Djokovic vai enfrentar o norte-americano John Isner.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.