Christof Stache/AFP
Christof Stache/AFP

No duelo de gerações, Zverev bate veterano alemão e conquista Torneio de Munique

Tenista de 21 anos derrota rival 13 anos mais velho e é bicampeão do torneio da Baviera

Estadão Conteúdo

06 Maio 2018 | 11h06

O alemão Alexander Zverev venceu neste domingo o compatriota Philipp Kohlschreiber por duplo 6/3 e conquistou o bicampeonato consecutivo do Torneio de Munique. Foi o triunfo da nova geração, do tenista de 21 anos e atual número 3 do ranking, contra um adversário de 34 anos e 34º do mundo, que tentava vencer no saibro alemão pela quarta vez na carreira.

+ Venus e Ostapenko são eliminadas na estreia no torneio de Madri

+ Kvitova bate romena de virada e conquista torneio de Praga

+ Mais notícias de tênis

"Foi mais difícil do que indicou o marcador", declarou Zverev logo após o duelo que teve duração de 1h11. Foi o primeiro título do ano do jovem alemão e o sétimo de sua carreira. Agora, ele se prepara para os Torneios de Madri e Roma e, na sequência, Roland Garros.

Kohlschreiber disputou sua sexta final em Munique. O tenista já havia erguido o troféu da competição em 2007, 2012 e 2016. Desta vez, o veterano não conseguiu impor seu jogo e viu o retrospecto contra Zverev ficar empatado com duas vitórias para cada lado.

A partida deste domingo começou equilibrada e Zverev só foi quebrar o saque adversário no sétimo game. Mas aí seguiu melhor e conseguiu nova quebra no nono para fechar o primeiro set em 6/3.

A história foi parecida na segunda parcial. Somente no oitavo game, Zverev conseguiu mais uma quebra e assumiu novamente o controle do jogo. Ele chegou à vitória com pouco mais de uma hora de jogo. No total, Zverev conseguiu 10 aces, teve 81% de aproveitamento do primeiro serviço e quebrou quatro vezes o saque do adversário em seis oportunidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.