Elsa/AFP
Elsa/AFP

Norte-americanos serão rivais de Melo na decisão das duplas do US Open

Mike Bryan e Jack Sock, atuais campeões de Wimbledon, asseguraram presença na final desta sexta com o triunfo sobre os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah

Estadão Conteúdo

06 Setembro 2018 | 19h20

Dois tenistas norte-americanos serão os adversários de Marcelo Melo na decisão da chave de duplas do US Open. Nesta quinta-feira, os locais Mike Bryan e Jack Sock, atuais campeões de Wimbledon, asseguraram presença na final desta sexta com o triunfo sobre os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (1/7) e 6/4, em 2 horas e 15 minutos.

Mike compõe com o irmão Bob Bryan a mais vencedora dupla da história do tênis, mas tem atuado ao lado de Sock porque o seu gêmeo passou por cirurgia no quadril. E mesmo aos 40 anos e sem a companhia do irmão, tem se destacado no US Open e lidera o ranking de duplistas da ATP.

Agora, então, na final agendada para as 13 horas (de Brasília) desta sexta-feira, Mike Bryan e Sock vão encarar Melo e o polonês Lukasz Kubot, que nesta quinta derrotaram Radu Albot, da Moldávia, e Malek Jaziri, da Tunísia, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 3/6 e 6/3, em 2 horas e 46 minutos.

Melo decidirá um Grand Slam pela quarta vez na carreira e a primeira no US Open, buscando seu terceiro título - foi campeão em Wimbledon no ano passado e em Roland Garros em 2015.

"Estou muito feliz de chegar a esta final pela primeira vez aqui no US Open. Jogamos muito bem hoje. Agora é comemorar esta vitória e tranquilizar, para ir com força total amanhã (sexta) em busca desse título. Mais uma vez quero agradecer o apoio dos brasileiros, torcendo por nós", comemorou Melo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.