Kirsty Wigglesworth/AP
Kirsty Wigglesworth/AP

Nova número 1, Serena Williams derrota Venus em Doha

Norte-americana bate a irmã por 2 sets a 1 no Masters; gato invade a quadra e interrompe a partida

AE, Agencia Estado

28 de outubro de 2009 | 19h45

Nova número 1 do mundo, a americana Serena Williams virou sobre sua irmã Venus nesta quarta-feira e venceu a segunda partida no Masters de Doha, que reúne as oito melhores tenistas da temporada. Serena precisou de 2h41min para fazer 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 7/6 (7/4) - o duelo teve uma inusitada presença: um gato invadiu a partida e chamou a atenção dos torcedores.

Com a vitória, Serena ficou mais perto de se classificar para a semifinal da competição. Ela estreou com um triunfo sobre a russa Svetlana Kuznetsova. Por outro lado, Venus chegou a segunda derrota e tem chances reduzidas de avançar no torneio. Ela precisará vencer a russa Svetlana Kuznetsova e torcer por mais um bom resultado da irmã, que enfrentará Elena Dementieva, para seguir com chances no Masters. Os dois jogos serão disputados na quinta.

Nesta quarta, Serena entrou em quadra com a liderança do ranking assegurada. A americana terminará a temporada no topo por causa do abandono da russa Dinara Safina, que sentiu dores nas costas na partida contra a sérvia Jelena Jankovic e desistiu do torneio logo na estreia. Em seu lugar entrará a também russa Vera Zvonareva, que enfrenta a dinamarquesa Caroline Wozniacki na quinta, pelo Grupo Branco.

No jogo contra sua irmã Venus, Serena começou em desvantagem. Após seguidas quebras de saque para ambos os lados, Venus saiu na frente e levou a primeira parcial, após desperdiçar dois set points.

Na sequência, Venus perdeu a concentração e abusou dos erros, principalmente no saque. Ao todo, cometeu 10 duplas faltas na partida. Serena aproveitou o mau momento da irmã e empatou o jogo. No terceiro set, Serena seguiu melhor e chegou a sacar para o jogo, quando tinha 5/3. Porém, cedeu o empate e precisou do tie-break para fechar a partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.