Novak Djokovic bate Roger Federer e conquista o título do ATP Finals

Em 2 horas e 14 minutos de jogo, sérvio fez 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (8/6) e 7/5

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2012 | 20h56

LONDRES - O sérvio Novak Djokovic é o novo campeão do ATP Finals. Depois de dois anos de reinado de Roger Federer, o atual número 1 do mundo desbancou o suíço, segundo melhor do mundo, nesta segunda-feira, na decisão do torneio realizado em Londres e que envolve os oito melhores tenistas da temporada (exceção feita ao espanhol Rafael Nadal, que não joga desde junho por causa de uma lesão). Em 2 horas e 14 minutos de jogo, Djokovic ganhou por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (8/6) e 7/5.

Assim, o sérvio fecha a temporada com a conquista de seu segundo ATP Finals na carreira - a outra aconteceu em 2008, quando o torneio ainda era jogado em Xangai, na China. Pelo título em Londres, obtido de forma invicta após cinco partidas, Djokovic fatura R$ 3,6 milhões de premiação.

"É uma grande honra estar em Londres pela primeira vez, parabéns pela grande semana do Roger (Federer). Espero que vocês tenham aproveitado essa competição. Foi um ano fantástico, agradeço a todos os membros do meu time e espero estar aqui no próximo ano", disse Djokovic, emocionado, logo após a vitória. "Parabéns para o Djoko, grande jogador e grande partida. Obrigado à minha equipe que tem feito muito por mim. Obrigado aos fãs que fazem a diferença do espetáculo", afirmou Federer.

Djokovic ganhou, mas levou um grande susto no início do jogo. De forma avassaladora, Federer abriu 3 a 0 no primeiro set e parecia encaminhar a parcial facilmente. Mas o sérvio reagiu, conseguiu devolver a quebra de serviço e empatou o duelo. No tie break, muitas jogadas de alto nível e a vitória do número 1 do mundo por 8 a 6.

O segundo set começou de forma parecida ao primeiro e o suíço conseguiu abrir 2 a 0. Sem permitir chances a Djokovic, Federer levou a parcial até 5 a 3, quando o sérvio começou sua reação, devolveu a quebra e fez 6 a 5. Mesmo no saque de Federer, Djokovic não se intimidou e com uma passada fechou a decisão em 7 a 5 e conquistou o título.

Agora, em compromissos mais tranquilos e sem pressão por títulos, os dois tenistas visitarão o Brasil. O primeiro será Djokovic, já neste final de semana, no Rio de Janeiro, onde fará um jogo amistoso contra o ex-tenista Gustavo Kuerten.

Já Federer desembarca em São Paulo no início de dezembro, quando será o jogador principal de uma série de partidas que contará com a presença de outros tenistas renomados no circuito profissional - casos do francês Jo-Wilfried Tsonga, do espanhol David Ferrer, do brasileiro Thomaz Bellucci, da russa Maria Sharapova, da bielo-russa Victoria Azarenka, da norte-americana Serena Williams e da dinamarquesa Caroline Wozniacki.

DUPLAS

Na chave de duplas do ATP Finals, o título ficou com a parceria espanhola formada por Marcel Granollers e Marc Lopez, que bateu os indianos Mahesh Bhupathi e Rohan Bopanna por 2 sets a 1 - com parciais de 7/5, 3/6 e 10 a 3 no super tie break.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.