Jasper Juinen/AFP
Jasper Juinen/AFP

Número 1 da França, Gasquet anuncia que não irá ao Aberto da Austrália por lesão

Tenista afirmou ter uma 'espécie de pubalgia' que irá tirá-lo do primeiro Grand Slam da temporada

Redação, Estadão Conteúdo

25 de dezembro de 2018 | 15h18

Atual tenista número 1 da França e hoje 26º colocado do ranking mundial, Richard Gasquet anunciou nesta terça-feira que não poderá disputar o Aberto da Austrália, Grand Slam que começa no próximo dia 14 de janeiro, em Melbourne.

O ex-Top 10 de 32 anos de idade, que já chegou a figurar em sétimo lugar na ATP, alegou que ainda está se recuperando de uma "espécie de pubalgia", problema que já o deixou de fora da final da Copa Davis, contra a Croácia, em Lille, no final do mês passado.

"É uma lesão complicada. Tenho uma espécie de pubalgia no lado esquerdo, na altura do (músculo) adutor, muita inflamação nesta zona. Não é fácil acabar com ela, mas estamos fazendo o necessário para isso", afirmou Gasquet em entrevista à emissora Radio France.

Também a este veículo de comunicação do seu país, ele revelou que espera estar de volta às competições em fevereiro, pouco depois do término do Aberto da Austrália, que acaba em 27 de janeiro. "Houve algumas melhorias ultimamente, mas ainda há algumas áreas que me machucam. É uma pena não jogar e é duro ficar fora de torneios", lamentou.

Sem poder contar com Gasquet, a França acabou sendo derrotada pela Croácia na decisão da Copa Davis, em novembro, quando os visitantes venceram a melhor de cinco confrontos entre os dois países por 3 a 1.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.