Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Seth Wenig/AP
Seth Wenig/AP

Número 1 do Brasil, Thiago Monteiro inicia 2021 em Delray Beach e quer ser Top 50

Tenista de 26 anos, que começa o calendário do ano na quinta-feira, ocupa o número 84 do ranking da ATP

Redação, Estadão Conteúdo

03 de janeiro de 2021 | 17h15

A temporada de 2021 do circuito profissional de tênis terá seu início nesta semana e o brasileiro Thiago Monteiro, de 26 anos e atual número 1 do País e 84 do ranking da ATP, que jogará o ATP 250 de Delray Beach, nos Estados Unidos, a partir de quinta-feira, já tem em mente o seu principal objetivo: ser Top 50 do mundo.

Focado na subida no ranking, Thiago Monteiro quer ir mais longe nos principais torneios neste ano. "Os meus maiores objetivos para 2021 são me firmar nos ATPs, ir mais longe nesse tipo de torneio e, quem sabe, um título. Outra grande meta é terminar o ano próximo do Top 50", afirmou o tenista cearense.

Com esses novos objetivos, Thiago Monteiro refletiu sobre a sua preparação na pré-temporada. "A pré-temporada, devido às circunstâncias do mundo, foi um pouco mais curta do que o habitual, mas foi muito boa. Treinei em Comandatuba (Bahia), passei duas boas semanas na Argentina e, pelo fechamento das fronteiras, acabei encerrando os treinos no Rio de Janeiro. Agora é tentar iniciar o ano com o pé direito e me adaptar aos poucos nesta preparação para o Aberto da Austrália", disse o brasileiro.

Com um calendário um pouco diferente das outras temporadas por causa da pandemia do novo coronavírus, o tenista cearense iniciará o seu ano nos Estados Unidos e seguirá para a Austrália logo depois.

"Após Delray, vou para a Austrália, onde precisamos ficar em quarentena. Depois tenho um outro torneio preparatório ali mesmo e o Aberto da Austrália. O plano após a Austrália é jogar na América do Sul, nos torneios de Córdoba, Buenos Aires e Santiago e voltar para os Estados Unidos para o Masters 1000 de Miami", comentou Thiago Monteiro, já com os torneios definidos até o início de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.