Nicolás Asfouri / AFP
Nicolás Asfouri / AFP

Número 1 do mundo, Halep não se recupera de lesão e está fora do WTA Finals

Substituta da tenista romena será a holandesa Kiki Bertens

Estadão Conteúdo

18 Outubro 2018 | 09h42

O que Simona Halep temia, aconteceu. Nesta quinta-feira, a tenista romena, atual número 1 do mundo, anunciou a sua desistência do WTA Finals, torneio que reúne as oito melhores da temporada em Cingapura e tem o início marcado para este domingo. O motivo é uma lesão nas costas, que a impediu de jogar nesta semana em Moscou, na Rússia.

"É sempre ruim ficar de fora de um grande torneio, acho que é a primeira vez que eu faço isso, mas será a melhor decisão possível para a minha saúde", disse a atual líder do ranking em declarações ao site da WTA. "Minhas costas não estão boas, não treinei nas últimas quatro semanas e não estou pronto para competir neste nível", acrescentou a romena de 27 anos.

Com a primeira colocação do ranking garantida independente do que acontecer em Cingapura, Halep é apenas a nona mulher a terminar dois anos diferentes como número 1 do mundo. Sua substituta na competição será a holandesa Kiki Bertens, que pela primeira vez em sua carreira profissional irá jogar o torneio.

"Darren (Cahill, seu treinador) foi 100% favorável à minha desistência porque está preocupado com as costas e acredita ser melhor eu colocar a saúde em primeiro lugar, sempre. Ele sempre faz isso comigo desde que começamos e está mais certo do que eu que tínhamos. Quando você tem alguém no time que concorda com a decisão, fica muito mais fácil tomá-la", completou a romena.

Sem Halep, o quadro de participantes do WTA Finals terá, além de Kiki Bertens, a alemã Angelique Kerber, a japonesa Naomi Osaka, as checas Petra Kvitova e Karolina Pliskova, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, a norte-americana Sloane Stepehens e a ucraniana Elina Svitolina. O que está em disputa nesta semana são as duas vagas de reservas. As concorrentes são a bielo-russa Aryna Sabalenka, a letã Anastasija Sevastova e a russa Daria Kasatkina.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.