Número 1 do tênis brasileiro, Paula Gonçalves fecha 2016 com derrota em Auckland

Campineira de 26 anos levou 2 sets a 0 de Barbora Stefkova

Estadão Conteúdo

31 de dezembro de 2016 | 11h50

Melhor brasileira do ranking mundial do tênis, Paula Gonçalves fechou o ano de 2016 com derrota. Na sua primeira partida na temporada 2017, ainda neste sábado, 31 de dezembro, a campineira de 26 anos perdeu para a checa Barbora Stefkova por 2 sets a 0 (6/1 e 6/3), em jogo válido pela primeira rodada do qualifying do Torneio de Auckland, na Nova Zelândia.

Número 171 do ranking mundial, a checa foi superior durante toda a partida, conseguindo cinco quebras nos saques da brasileira, que fechou a temporada 2016 pouco à frente, no 168.º lugar.

Apesar de ser a melhor tenista do Brasil no ranking da Associação das Tenistas Profissionais (WTA, na sigla em inglês), aos 26 anos, Paula nunca jogou um torneio de nível WTA fora da América. Participou apenas de um evento nos EUA, em Charleston, em 2015, e dos torneios do Rio, de Florianópolis e Bogotá.

Agora, ela vai tentar pela primeira vez disputar um Grand Slam, começando a partir do qualifying no Aberto da Austrália. Em 2016, ela tentou o feito em Roland Garros, Wimbledon e no US Open. Perdeu sempre na primeira rodada do quali.

Tudo o que sabemos sobre:
Paula GonçalvesFlorianópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.