Geoff Burke/USA Today Sports
Geoff Burke/USA Today Sports

Número 3 do mundo, Zverev é batido por espanhol e cai nas oitavas no Marrocos

Alemão é eliminado após derrota para Jaume Munar por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/1), 2/6 e 6/3

Redação, Estadão Conteúdo

11 de abril de 2019 | 16h54

Cabeça de chave número 1 e maior favorito ao título, o alemão Alexander Zverev está fora do ATP 250 de Marrakesh, disputado em quadras de saibro no Marrocos. Atual número 3 do mundo foi surpreendido nesta quinta-feira pelo espanhol Jaume Munar, apenas o 60.º colocado do ranking da ATP, que venceu por 2 sets a 1 - com parciais de 7/6 (7/1), 2/6 e 6/3, em 2 hora e 25 minutos de confronto -, pelas oitavas de final.

Esta é a primeira vez na carreira que Munar vence um tenista Top 10 do mundo. Com bom desempenho nos torneios de saibro na América do Sul em fevereiro - incluindo o Rio Open e o Brasil Open, em São Paulo -, o espanhol inicia a temporada neste tipo de quadra na Europa entre os 60 melhores, com possibilidades de chegar ao Top 40 se for campeão no Marrocos.

Nas quartas de final, nesta sexta-feira, Munar terá pela frente o francês Benoit Paire, que venceu o compatriota Pierre-Hugues Herbert, cabeça 8, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/4 e 6/2. Será a segunda vez que o espanhol de 21 anos enfrentará o rival da França, que levou a melhor no duelo anterior, quatro anos atrás, em Barcelona.

Para Zverev, a derrota nesta quinta-feira poderá custar o terceiro lugar no ranking para o suíço Roger Federer, que está em quarto e não joga nesta semana. O problema para o alemão é que em 2019 ele é o segundo tenista com mais pontos a defender na temporada europeia no saibro até Roland Garros, o segundo Grand Slam da temporada, em Paris, em junho - só fica atrás do espanhol Rafael Nadal.

Nos outros jogos desta quinta-feira em Marrakesh, mais um cabeça de chave foi eliminado. O alemão Philipp Kohlschreiber, sétimo pré-classificado, parou no espanhol Pablo Andújar, atual campeão do torneio, que venceu por 2 sets a 0 - parciais de 7/6 (8/6) e 6/4.

Nas quartas de final, Andújar terá pela frente o checo Jiri Vesely, que manteve o embalo após eliminar o italiano Fabio Fognini e derrotou o argentino Juan Ignacio Londero por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.