Paul Buck/EFE
Paul Buck/EFE

'O que Nadal faz depois das lesões não é humano', afirma Moyá

Recuperação foi citada pelo ex-capitão da Espanha na Copa Davis

O Estado de S. Paulo

17 Março 2015 | 17h58

Nadal retornou ao circuito com vitória sobre o holandês Igor Sijsling em sets diretos, parciais de 6/4 e 6/2, pelo Masters 1000 de Indian Wells e aparentou estar recuperado da má atuação realizada em solo carioca quando não defendeu o título do ATP 500 do Rio de Janeiro. A diferença foi citada pelo ex-capitão da Espanha na Copa Davis, Carlos Moyá, que admitiu que a capacidade de Nadal de se recuperar não é humana.

"Nadal nos acostumou a retornar ao circuito para disputar um torneio após uma grave lesão e ganhar, mas isso é irreal. Não é humano isso que ele conseguia", afirmou Moyá sobre a volta dele ao circuito após cirurgias em 2011 e 2014.

De acordo com o ex-tenista espanhol, Nadal está se recuperando pouco a pouco. O número 3 do mundo foi eliminado em Doha, no Aberto da Austrália e no Rio antes da final, mas se sagrou campeão na Argentina, no ATP de Buenos Aires, uma semana depois. "Ele está recuperando seu nível vagarosamente. Mas, é completamente normal", admite o campeão de Roland Garros de 1998.

No primeiro Masters 1000 na quadra dura na temporada, Rafael Nadal deverá readquirir a confiança para encarar os principais tenistas do circuito. Mas, Moyá acredita que será difícil 'El toro' recuperar o topo do ranking. "Djokovic está se mostrando muito estável e ganhando em todas as superfícies. Nadal precisa de mais confiança para enfrentá-lo", finaliza Moyá em evento realizado em Madrid.

Mais conteúdo sobre:
Tenis Rafael Nadal Carlos Moyá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.