Operado, Nalbandian deve ficar 4 meses sem jogar

O tenista argentino David Nalbandian deve ficar quatro meses afastado das quadras, depois de ser submetido nesta quinta-feira a uma cirurgia no quadril, em Barcelona. Ele foi operado pelo médico norte-americano Marc Philippon, o mesmo responsável pela segunda operação que o brasileiro Gustavo Kuerten sofreu na mesma região, em 2004.

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 11h32

Aos 27 anos, Nalbandian tem no currículo 10 títulos conquistados, além de quase US$ 10 milhões em prêmios. Ele ocupa a 15ª posição no ranking da ATP desta semana, e deve cair bastante, pois defende pontos conquistados em vários torneios no ano passado, inclusive os próximos Grand Slam - Roland Garros, Wimbledon e US Open -, que não vai disputar.

A última partida de Nalbandian foi na semana passada, quando perdeu para o chileno Paul Capdeville no Torneio de Estoril, em Portugal. Ele permanecerá em Barcelona para o início da fisioterapia e viajará no fim do mês para a Argentina, onde dará sequência na recuperação. O tenista também perderá as quartas de final da Copa Davis, em julho, onde a seleção de seu país enfrenta a República Checa, fora de casa.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisDavid Nalbandiancirurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.