Oposição busca intervenção na CBT

Uma nova ameaça da oposição da CBT, que tenta tirar Jorge Rosa do comando da entidade, coloca o tênis brasileiro mais uma vez para baixo. Através de um recurso da Federação Mineira, o grupo do ex-presidente Nelson Nastas busca uma intervenção na entidade, usando os mesmos recursos da primeira tentativa em que alegava irregularidades na eleição e compra de votos. Até agora, porém, Jorge Rosa não foi notificado, mas já se prepara para recorrer e segunda-feira terá um advogado tratando do assunto em Brasília. "Infelizmente atitudes como esta colocam o tênis brasileiro em situação difícil, pois estamos prestes a fechar um patrocínio para a Fed Cup e agora tudo se complica. Temos de gastar o dinheiro que não temos e nem sequer posso convocar uma assembléia."

Agencia Estado,

01 de abril de 2005 | 17h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.