Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
William Lucas / Inovafoto
William Lucas / Inovafoto

Orlando Luz deixa Brasil para treinar em academia fundada por técnico de Nadal

Com apoio da CBT, brasileiro irá para Barcelona em busca de novo fôlego na carreira

Felipe Rosa Mendes, Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2017 | 11h54

Em uma reviravolta em sua carreira, o tenista brasileiro Orlando Luz vai deixar o Brasil para treinar na Espanha. A partir de janeiro, ele terá a BBT Tennis Academy como sua nova base. A famosa academia tem como um dos seus fundadores Francis Roig, um dos técnicos de Rafael Nadal, atual número 1 do mundo.

Irmão de Marcelo, Daniel Melo é eleito pela ATP o melhor técnico de duplas do ano

+ Marcelo Melo: 'As pessoas já me reconhecem na rua'

"Estou empolgado. Quero tirar o maior proveito de tudo isso, treinar muito e buscar crescer lá fora. Sei que não é fácil, morar sozinho novamente, é outra cultura, mas estou muito motivado e sei que poderei colher bons frutos dessa mudança", diz o tenista de 19 anos.

Trata-se da segunda grande mudança anunciada por Orlandinho neste ano. Em agosto, ele já surpreendera ao deixar o Centro de Treinamento ADK, em Itajaí (SC), para voltar a treinar com o seu pai.

"É mais uma grande mudança na minha vida. Eu saí de casa com 13 anos, para morar sozinho e treinar em Balneário Camboriú. Deu certo, consegui bons resultados no juvenil, mas a transição está bem difícil. Então agora, chegando aos 20 anos, vou recomeçar, indo morar em outro país", afirma Orlandinho.

Com a mudança, ele espera dar novo fôlego a sua carreira, após dificuldades vividas nos últimos dois anos. Número 1 do mundo no juvenil em 2015, ele caiu de rendimento nas últimas temporadas e enfrentou obstáculos em sua transição do juvenil para o profissional. Os maiores foram as lesões. Somente neste ano enfrentou problemas físicos nas costas, nas pernas e no ombro direito.

Como consequência, não conseguiu embalar como esperava para disputar mais torneios de nível challenger neste ano. Acabou competindo mais em nível future. Hoje ocupa a 674ª posição no ranking da ATP. Sua melhor marca é a 449ª, obtida em 2015.

Na Espanha, treinará com alguns dos melhores técnicos do mundo na Barcelona Total Tennis, localizada a cerca de 20 minutos da capital catalã. Pela academia já passaram nomes como Feliciano López, Fernando Verdasco, Tommy Robredo e Anastasia Pavlyuchenkova. Atualmente o português João Sousa, 38º do ranking, treina no local.

Francis Roig é um dos fundadores do local. Ele trabalha com Nadal no circuito profissional e deve assumir maiores funções junto ao líder do ranking a partir de 2018 por causa da "aposentadoria" de Toni Nadal - o tio do tenista se afastará do circuito para cuidar da academia de Nadal na Espanha.

A ida de Orlandinho para a Barcelona conta com o apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Segundo a entidade, haverá suporte técnico e financeiro ao brasileiro, que treinará diretamente com Leo Azevedo, que já trabalhou com Thomaz Bellucci. "Através da parceria com a BBT, a CBT está me proporcionando uma estrutura fantástica na Europa, sendo que serei o primeiro tenista brasileiro a usufruir deste centro. Isto me dará condições de treinar num dos melhores locais do mundo, bem como facilitará a minha logística para participação em torneios na Europa", diz Orlandinho.

"Estamos ampliando nosso leque de investimentos. O Orlando está se propondo a fazer algo diferente na carreira, se dispondo a uma dedicação total na Europa. Vamos dar o suporte necessário para que ele consiga atingir o máximo do seu potencial. Há um investimento financeiro neste projeto", afirma Rafael Westrupp, presidente da CBT.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisOrlando Luz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.