Thomas Peter / Reuters
Thomas Peter / Reuters

Osaka sobe duas posições e 'estreia' no Top 5 do ranking da WTA

Outras mudanças ocorrem no top-10, mas liderança permanece com Simona Halep

Estadão Conteúdo

08 Outubro 2018 | 10h58

A japonesa Naomi Osaka foi o grande destaque do ranking da WTA atualizado nesta segunda-feira. Apesar de não conquistar o título do Torneio de Pequim, no fim de semana, a campeã do US Open brilhou na lista das melhores do mundo ao subir duas posições e "estrear" no Top 5.

Osaka subiu para o quarto lugar ao chegar aos 4.770 pontos. Assim, derrubou a checa Petra Kvitova, que perdeu três posições e agora aparece em 7º lugar, e superou a ucraniana Elina Svitolina, estacionada no quinto lugar. E já está de olho no terceiro posto, da alemã Angelique Kerber, que soma 5.400.

A tenista do Japão pode subir ainda mais nesta reta final da temporada, por defender poucos pontos. Já classificada para o WTA Finals, Osaka parou na semifinal do Torneio de Pequim, na China, na semana passada.

Outra mudança no Top 10 foi a subida de uma posição da checa Karolina Pliskova, 6ª colocada - ela foi a líder em parte da temporada passada. A norte-americana Sloane Stephens, a alemã Julia Görges e a holandesa Kiki Bertens galgaram uma colocação cada, alcançando a 8ª, 9ª e 10ª posição, respectivamente.

As três primeiras posições permaneceram inalteradas. Com uma lesão nas costas que ameaça a sequência da sua temporada, a romena Simona Halep segue em primeiro lugar. Ela é seguida pela dinamarquesa Caroline Wozniacki, campeã em Pequim no domingo, e por Angelique Kerber.

Fora do Top 10, a bielo-russa Aryna Sabalenka e a letã Anastasija Sevastova também se destacaram na atualização desta segunda. Sabalenka subiu cinco posições e figura em 11º. E Sevastova galgou oito colocações. É a nova 12ª colocada.

Entre as brasileiras, o maior destaque foi Carolina Alves Meligeni, que deu um salto de 78 posições e alcançou o 392º posto, sua melhor posição da carreira. Em razão dos bons resultados recentes em torneios de nível ITF na Itália, ela se tornou a número dois do Brasil. Só está atrás de Beatriz Haddad Maia, que sustentou a 196ª posição. Nathaly Kurata (435º) perdeu quatro posições e Gabriela Cé (443º), uma.


Confira a lista das 20 primeiras colocadas do ranking:

1º - Simona Halep (ROM), 7.421 pontos

2º - Caroline Wozniacki (DIN), 6.490

3º - Angelique Kerber (ALE), 5.400

4º - Naomi Osaka (JAP), 4.770

5º - Elina Svitolina (UCR), 4.350

6º - Karolina Pliskova (RCH), 4.345

7º - Petra Kvitova (RCH), 4.255

8º - Sloane Stephens (EUA), 4.022

9º - Julia Görges (ALE), 3.785

10º - Kiki Bertens (HOL), 3.740

11º - Aryna Sabalenka (BLR), 3.265

12º - Anastasija Sevastova (LET), 3.240

13º - Garbiñe Muguruza (ESP), 3.170

14º - Daria Kasatkina (RUS), 3.150

15º - Elise Mertens (BEL), 3.115

16º - Caroline Garcia (FRA), 3.045

17º - Serena Williams (EUA), 2.976

18º - Jelena Ostapenko (LET), 2.863

19º - Madison Keys (EUA), 2.816

20º - Ashleigh Barty (AUS), 2.605

196º - Beatriz Haddad Maia (BRA), 304

392º - Carolina Alves (BRA), 99

435º - Nathaly Kurata (BRA), 83

443º - Gabriela Cé (BRA), 79

481º - Thaísa Grana Pedretti (BRA), 70

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.