Christophe Simon / AFP
Christophe Simon / AFP

Ostapenko sobe para 12º lugar no ranking após título em Roland Garros

Brasileira Beatriz Haddad Maia chegou ao Top 100 pela primeira vez na carreira

Estadão Conteúdo

12 de junho de 2017 | 10h06

A disputa de Roland Garros nas últimas duas semanas provocou mudanças relevantes na atualização desta segunda-feira do ranking da WTA. E a principal delas envolve, claro, Jelena Ostapenko, a campeã do Grand Slam parisiense, que teve grande ascensão na lista e atingiu a 12ª posição, com 3.155 pontos. Já a brasileira Beatriz Haddad Maia entrou no Top 100 da lista.

Com isso, a tenista da Letônia ascendeu 35 postos, pois na relação anterior era a número 47 do mundo. Agora, porém, se aproximou do Top 10 do ranking depois de conquistar o título de Roland Garros aos 20 anos - fez aniversário durante a sua vitoriosa campanha -, uma temporada depois de ter sido eliminado logo no seu jogo de estreia em Paris.

O ranking da WTA continua sendo liderado pela alemã Angelique Kerber, com 7.035 pontos, mesmo que ela tenha se tornado a primeira cabeça de chave número 1 de Roland Garros a ser eliminada na primeira rodada, algo que nunca havia ocorrido na Era Aberta do tênis, iniciada em 1968.

Agora, Kerber é perseguida pela romena Simona Halep, que saltou da quarta para a segunda posição, com 6.850 pontos, após ser vice-campeã de Roland Garros. Semifinalista em Paris, a checa Karolina Pliskova permanece em terceiro lugar no ranking.

Afastada das quadras desde o Aberto da Austrália e sem previsão de voltar a atuar antes do fim da temporada, a norte-americana Serena Williams caiu duas posições no ranking, para o quarto lugar, seguida pela ucraniana Elina Svitolina, que alcançou a sua melhor posição no ranking após parar nas quartas de final em Paris.

A eslovaca Dominika Cibulkova subiu uma posição, para o sexto lugar, mesmo tendo caído na segunda rodada em Roland Garros. A dinamarquesa Caroline Wonziacki voltou ao Top 10 e agora está em sétimo lugar no ranking depois de ser eliminada nas quartas de final.

A britânica Johanna Konta, que caiu na primeira rodada, segue em oitavo lugar e a russa Svetlana Kuznetsova, que perdeu nas oitavas de final em Paris, continua na nona posição, enquanto a polonesa Agnieszka Radwanska completa o Top 10 após perder na terceira rodada.

Campeã em Roland Garros no ano passado, a espanhola Garbiñe Muguruza fez caminho inverso ao de Ostapenko ao despencar da quinta para a 15ª posição no ranking depois de ser eliminada nas oitavas de final da edição de 2017 do Grand Slam parisiense.

Já Bia Haddad entrou para o Top 100 do ranking e atingiu o 94º lugar, a sua melhor posição na lista, após boas semanas no circuito. Ela "furou" o qualifying de Roland Garros, sendo eliminada na rodada de estreia, depois sendo semifinalista do Torneio de Bol, na Croácia.


Confira o ranking da WTA:

1.ª - Angelique Kerber (ALE) - 7.035 pontos

2.ª - Simona Halep (ROM) - 6.850

3.ª - Karolina Pliskova (RCH) - 6.690

4.ª - Serena Williams (EUA) - 4.810

5.ª - Elina Svitolina (UCR) - 4.765

6.ª - Dominika Cibulkova (ESQ) - 4.420

7.ª - Caroline Wozniacki (DIN) - 4.345

8.ª - Johanna Konta (GBR) - 4.330

9.ª - Svetlana Kuznetzova (RUS) - 4.310

10.ª - Agnieszka Radwanska (POL) - 3.985

11.ª - Venus Williams (EUA) - 3.941

12.ª - Jelena Ostapenko (LET) - 3.155

13.ª - Kristina Mladenovic (FRA) - 3.095

14.ª - Madison Keys (EUA) - 2.993

15.ª - Garbiñe Muguruza (ESP) - 2.876

16.ª - Elena Vesnina (RUS) - 2.876

17.ª - Petra Kvitova (RCH) - 2.720

18.ª - Anastasia Pavlyuchenkova (RUS) - 2.580

19.ª - Anastasija Sevastova (LET) - 2.225

20.ª - Barbora Strycova (RCH) - 1.990

94.ª - Beatriz Haddad Maia (BRA) - 662

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.