Ouro em Atenas/2004, Nicolás Massú dá adeus ao tênis

Nicolas Massú, que conquistou duas medalhas de ouro para o Chile na Olimpíada de Atenas, em 2004, anunciou nesta terça-feira a sua aposentadoria do tênis profissional, depois de 16 anos de carreira.

AE-AP, Agência Estado

27 de agosto de 2013 | 14h09

O tenista chileno, de 33 anos, conquistou seis títulos no circuito da ATP, acumulou 32 vitórias em jogos válidos pela Copa Davis e brilhou principalmente ao chegar ao ouro olímpico no torneio de simples e no de duplas, ao lado de Fernando González, dos Jogos de Atenas.

Massú, que chegou a ocupar a nona posição do ranking mundial em 2004, exibiu certo nervosismo ao ler o comunicado no qual confirmou sua aposentadoria. Ele destacou que depois de vários meses analisando sua atual situação, "tomou a dura decisão de colocar fim à carreira".

O chileno vinha sofrendo com várias lesões nos últimos anos e confessou nesta terça que "estava consciente de que não podia continuar e voltar ao primeiro nível" do tênis. Ele também avisou que irá realizar uma partida de despedida de sua carreira no Chile "antes do fim do ano".

O veterano ainda prometeu que seguirá ligado de alguma forma ao tênis, lembrando que é apaixonado por este esporte. "Seria lindo triunfar como jogador e depois como treinador", projetou o atual 587.° colocado do ranking da ATP, indicando que gostaria de colaborar com a equipe chilena na Copa Davis.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisNicolás Massúaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.