Tim Goode/PA via AP
Tim Goode/PA via AP

Partida de Bia Haddad é suspensa na Inglaterra após reclamação da tenista brasileira

Jogo contra Magdalena Frech foi interrompido no terceiro set após escorregão e será continuado nessa sexta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2022 | 17h49

O duelo das oitavas de final do Torneio de Birmingham, na Inglaterra, da brasileira Bia Haddad Maia com a polonesa Magdalena Frech foi interrompido no terceiro set após escorregão e reclamação da tenista paulista. O confronto foi suspenso com alegação de falta de luz natural quando a europeia vencia por 1/6, 7/5 e 4/2 após 2 horas e 1 minuto de jogo.

O torneio Birmingham, na Inglaterra, distribui US$ 251.750 em premiação. Bia Haddad, de 26 anos, é a atual 32º do mundo e busca sua sétima vitória consecutiva na grama. Ela vem de um título, na semana passada, no WTA 250 de Nottingham, também na Inglaterra.

Magdalena Frech, de 24 anos, ocupa hoje o 91º lugar do ranking mundial. Por estar nas oitavas, cada tenista já faturou pelo menos US$ 3,8 mil (cerca de R$ 20 mil na cotação de hoje). Quem chegar às quartas vai garantir no mínimo US$ 6,4 mil (equivalente hoje aproximado a R$ 32 mil). Quem vencer o duelo vai encarar a italiana Camila Giorgi, de 30 anos que despachou Lauren Davis, dos Estados Unidos, por 3/6, 7/5 e 6/2. Giorgi é atualmente a 26ª do mundo.

O duelo de Bia Haddad e Magdalena Frech até a interrupção

No primeiro set, a brasileira jogou como quis e, em apenas 23 minutos, fechou em 6/1. Bia sacou bem e teve 91% de aproveitamento dos pontos quando acertou o primeiro serviço. Ela contou ainda com quatro duplas faltas da europeia. No segundo set, porém, a polonesa melhorou. Chegou a ter 5/4 com o saque, mas viu a brasileira ser mais agressiva. No game seguinte, porém, Bia cedeu o break após errar uma deixadinha. Na sequência, Frech acabou fechando a parcial em 58 minutos.

Logo no primeiro game do terceiro set, a polonesa foi mais eficiente e quebrou o saque da brasileira. Na sequência, a paulista chegou a reclamar de piso escorregadio, mas a árbitra Kelly Thomson não concordou e a partida continuou. No quinto game, a brasileira sofreu um escorregão no fundo da quadra e reclamou para a árbitra e também para o coordenador do torneio. Assim que a polonesa fechou a parcial e abriu 4 a 2 a organização decidiu suspender o jogo alegando por falta de luz natural. O confronto será continuado nessa sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBia Haddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.