Patrick Rafter se irrita com saibro

Apesar do otimismo demonstrado em Florianópolis para o confronto das quartas-de-final da Copa Davis, os australianos não escondem as dificuldades que têm no piso lento, de saibro. Patrick Rafter reclamou, disse que está muito fofo, a bolinha quase não pula e reza para que até sexta-feira a superfície esteja um pouco mais compactada e, assim, também mais rápida.No treino desta terça-feira à tarde, ficou claro que Rafter está realmente muito descontente com a superfície. Reclamou, resmungou e atirou a raquete longe, depois de cometer uma série de erros por causa da dificuldade de encontrar o tempo exato de bater na bola, depois de ter vindo de uma superfície bem mais rápida, no Masters Series de Miami, no qual chegou às semifinais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.