Paula Gonçalves cai em semi e Gabriela Sé perde na final de duplas em Bogotá

O tênis feminino brasileiro amargou um dia de derrotas no Torneio de Bogotá. Naquela que foi a sua primeira semifinal de um torneio de WTA na carreira, Paula Gonçalves foi superada pela espanhola Sílvia Soler-Espinosa, que venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (4/7) e 6/2, para se garantir na decisão da competição colombiana.

Estadão Conteúdo

16 de abril de 2016 | 21h00

Horas mais tarde, a brasileira Gabriela Sé acabou sendo batida na decisão da chave de duplas em Bogotá. Atuando ao lado da venezuelana Andrea Gamiz, ela foi derrotada pela parceria cabeça de chave número 1, formada pela espanhola Lara Arruabarrena e a alemã Tatjana Maria, que venceram por 2 sets a 1, com 6/2, 4/6 e 10/8.

Já Paula Gonçalves, atual tenista número 2 do Brasil, ao menos terá como consolo o fato de que deverá subir de forma considerável no ranking da WTA. Hoje na 238ª posição no geral, ela deverá entrar no Top 200 na segunda-feira, quando a listagem voltará a ser atualizada.

Com a vitória sobre Paula Gonçalves no saibro colombiano, Soler-Espinosa jogará pelo título da competição neste domingo em duelo diante da norte-americana Irina Falconi, que na outra semifinal deste sábado derrotou Lara Arruabarrena por 2 sets a 1, com 6/3, 4/6 e 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.