Paula Gonçalves vira sobre paraguaia e vence na estreia do Torneio de Bogotá

A brasileira Paula Gonçalves fez bonito em sua estreia no Torneio de Bogotá, competição da WTA que ocorre esta semana nas quadras de saibro da Colômbia. A número 238 do mundo surpreendeu e derrotou de virada a paraguaia Verónica Cepede Royg, 161.ª do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 6/2.

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2016 | 17h01

Foram necessárias 2h29min para que a brasileira arrancasse para o triunfo, que confirma sua boa fase em 2016 em torneios da WTA. No único outro que ela disputou até o momento, chegou às quartas de final no Rio Open, em fevereiro. Com isso, tem três vitórias e uma derrota em competições do circuito na temporada.

Para vencer nesta segunda, a brasileira contou com dia extremamente feliz no saque. Foram 13 aces para ela, contra somente um de Royg. Apesar disso, cedeu quatro quebras à adversária. Mas também foi competente ao aproveitar seis dos 11 break points que teve e arrancou para o triunfo.

Agora, Paula espera para conhecer sua adversária na segunda rodada em Bogotá. Ela terá pela frente quem vencer o confronto da russa Marina Melnikova com a alemã Tatjana Maria, sexta cabeça de chave do torneio.

TELIANA - Na terça-feira, será o dia de outra brasileira estrear em Bogotá. Teliana Pereira voltará a atuar no local que lhe traz a melhor das lembranças de sua carreira até o momento. Foi lá, em 2015, que conquistou seu primeiro título de WTA. Agora, a atual campeã iniciará a busca pelo bicampeonato diante da argentina Catalina Pella, 274.ª colocada do ranking.

"É uma sensação muito boa estar de volta a Bogotá. Tive uma semana incrível e inesquecível aqui no ano passado, foi muito especial. Mas não quero criar expectativas. Fiz isso no ano passado e deu certo. Tenho um jogo duro. Ela é uma ótima jogadora, vem embalada do qualifying e quero entrar em quadra tranquila, também sem criar expectativas, dando o meu melhor. Espero que as boas memórias do ano passado me ajudem", comentou a número 55 do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.