Pennetta sua, mas bate chinesa e pegará Teliana em Pequim; Halep abandona

Atual campeã do US Open, a italiana Flavia Pennetta teve mais trabalho que o esperado, mas estreou com vitória no Torneio de Pequim. Neste domingo, a número 6 do mundo precisou de quase duas horas e meia para triunfar sobre a chinesa Xinyun Han, apenas a 160.ª do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6 e 6/4.

Estadão Conteúdo

04 de outubro de 2015 | 12h21

Apesar do dia bastante inconstante no saque - teve o serviço quebrado em sete oportunidades -, Pennetta garantiu vaga na segunda rodada da competição. Agora, terá pela frente a brasileira Teliana Pereira, número 51 do mundo, que passou na estreia pela romena Alexandra Dulgheru.

Se Pennetta confirmou o favoritismo, o mesmo não se pode dizer de Simona Halep. A romena, cabeça de chave número 1, perdia no primeiro set para a espanhola Lara Arruabarrena por 5 a 4 quando precisou abandonar por conta de uma lesão no tendão de Aquiles. Melhor para a número 95 do mundo, que avançou e enfrentará agora a norte-americana Bethanie Mattek-Sands.

Quem também abandonou por problemas físicos foi a norte-americana Coco Vandeweghe. Melhor para a polonesa Agnieszka Radwanska, cabeça de chave número 4, que precisou jogar somente um set - venceu por 6/3 - para garantir vaga na segunda rodada, na qual duelará com a alemã Mona Barthel.

Outra das favoritas que avançou foi a dinamarquesa Caroline Wozniacki, que derrotou a sérvia Bojana Jovanovski por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. Ao contrário de Petra Kvitova, cabeça de chave número 2, que caiu diante da italiana Sara Errani, e de Karolina Pliskova, nona favorita, que perdeu para a norte-americana Sloane Stephens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.