Joe Toth / AFP
Joe Toth / AFP

Perto de voltar às quadras, Murray desiste de disputar Torneio de Hertogenbosch

Britânico deve retornar às quadras no Torneio de Queen's, pouco antes de Wimbledon

Estadão Conteúdo

06 Junho 2018 | 09h46

O tenista escocês Andy Murray voltou a adiar o seu retorno às quadras. O ex-número 1 do mundo desistiu de disputar o Torneio de Hertogenbosch, na Holanda, na próxima semana. Seria sua primeira competição em um ano.

+ Italiano elimina Djokovic e encara Thiem na semi em Roland Garros

+ Lenda do tênis, Maria Esther Bueno está internada em estado grave

Murray pretendia competir na grama em preparação para Wimbledon, que terá início no dia 2 de julho. Mas, em comunicado, avisou que não vai mais competir na Holanda. "Eu ainda quero jogar nas próximas semanas, mas eu quero estar 100% quando estiver em quadra", declarou o britânico.

Com a desistência, Murray deve fazer seu retorno agora no Torneio de Queen's, diante de sua torcida, às vésperas de Wimbledon. O tenista da casa já levantou o troféu no tradicional torneio, em homenagem à rainha, em cinco edições.

O atleta não compete desde a edição passada de Wimbledon, em julho do ano passado. Na ocasião, foi eliminado nas quartas de final, quando já demonstrava sinais de dores. Em janeiro deste ano, ele foi submetido a uma cirurgia no quadril. "A recuperação foi muito lenta", admitiu Murray, que tentou evitar a operação no segundo semestre de 2017.

Após adiar o procedimento, ele se viu na necessidade da operação, o que acabou adiando o seu retorno. Agora, os fãs terão que esperar ao menos mais uma semana para ver o ex-líder do ranking em quadra.

Mais conteúdo sobre:
tênis Andy Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.