Sean Dempsey/EFE
Sean Dempsey/EFE

Pliskova é eliminada e Wimbledon fica sem as 10 principais cabeças de chave

Sétima cabeça de chave, tenista checa cai diante da holandesa Kiki Bertens em dois sets

Estadão Conteúdo

09 de julho de 2018 | 10h34

A checa Karolina Pliskova foi mais uma das favoritas surpreendidas na edição de 2018 de Wimbledon. Nesta segunda-feira, a tenista número 8 do mundo perdeu nas oitavas de final para a holandesa Kiki Bertens por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/1), e deixou o torneio feminino sem as dez principais cabeças de chave.

+ Djokovic vence e Zverev dá adeus a Wimbledon com 'pneu'; Soares avança nas duplas

+ Atual número 1, Halep cai na 3ª rodada e protagoniza nova 'zebra' em Wimbledon

Pliskova era a sétima favorita de uma lista que foi reduzindo pouco a pouco nos últimos dias. Ela foi a única entre as dez maiores candidatas ao título que chegou à segunda semana de disputas na grama inglesa.

A líder do ranking, a romena Simona Halep, havia caído na terceira rodada, assim como as norte-americanas Venus Williams e Madison Keys. Antes, foram eliminadas a espanhola Garbiñe Muguruza, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, a norte-americana Sloane Stephens, a ucraniana Elina Svitolina, a checa Petra Kvitova e a francesa Caroline Garcia.

Nesta segunda, Pliskova não resistiu a um dia pouco inspirado no saque. Ela foi quebrada em quatro oportunidades por Bertens, cabeça de chave número 20 em Wimbledon, que foi bem mais consistente e acertou 35 bolas vencedoras, contra 23 da checa.

Bertens, agora, terá pela frente a vencedora do confronto entre a alemã Julia Görges, cabeça de chave número 13, e a croata Donna Vekic, número 55 do ranking.

Outra cabeça de chave que avançou nesta segunda foi a letã Jelena Ostapenko. Listada como 12ª favorita em Wimbledon, ela derrotou a bielo-russa Aliaksandra Sasnovich por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/0. Agora, encara a eslovaca Dominika Cibulkova, número 33 do ranking, que passou em dois sets pela taiwanesa Su-Wei Hsieh: 6/4 e 6/1.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.