Toshifumi Kitamura / AFP
Toshifumi Kitamura / AFP

Pliskova surpreeende e derrota Osaka na final do Torneio de Tóquio

Na Coreia do Sul, Kiki Bertens bate australiana e conquista Torneio de Seul

Estadão Conteúdo

23 Setembro 2018 | 08h34

A checa Karolina Pliskova conquistou o título do Torneio de Tóquio, neste domingo, ao derrotar a japonesa Noami Osaka, por 2 sets 0, com um duplo 6/4.

O resultado foi surpreendente pois Osaka, campeã do US Open, o último Grand Slam do ano, vinha de dez vitórias consecutivas e não havia perdido nenhum set no torneio. A japonesa, sétima no ranking mundial, não esteve inspirada e cometeu vários erros não-forçados durante o jogo.

Pliskova, ao contrário, teve de suar muito para chegar à final e passou 419 minutos em quadra neste torneio. Ela mostrou determinação e ganhou os 11 pontos finais para garantir o seu segundo título na carreira.

A vitória foi muito importante para Pliskova, oitava do mundo, que busca uma vaga no WTA Finals, que vai reunir as oito tenistas com melhor campanha no ano.

BELGA VENCE NA COREIA

Determinada, Kiki Bertens sagrou-se campeã do Torneio de Seul, na Coreia do Sul. A belga, 12ª do mundo, precisou de 2h44 para superar a australiana Ajla Tomljanovic, 53ª do ranking, por 2 sets a 1, 7/6 (2), 4/6 e 6/2.

Bertens teve seu saque quebrado duas vezes no primeiro set, mas devolveu a quebra e buscou a vitória no tiebreaker. Este foi o sétimo título na carreira da belga.

 
Mais conteúdo sobre:
tênis Karolina Pliskova Naomi Osaka

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.