'Por segurança', parente de tenista francesa é suspenso

A WTA, entidade que organiza o tênis feminino mundial, anunciou neste domingo que um membro da família da jogadora franco-iraniana Aravane Rezai está suspenso por tempo indeterminado das competições devido a uma "séria questão de segurança".

AE-AP, Agência Estado

23 de janeiro de 2011 | 12h56

"A saúde e o bem-estar dos nossos jogadores é sua prioridade número 1 da WTA. Uma série questão de segurança foi trazida aos olhos da entidade, que resultou na suspensão por tempo indeterminado de um membro da família de Aravane Rezai de todos os eventos organizados por ela enquanto durar a investigação", disse o órgão, através de um comunicado.

A WTA ainda afirmou que não comentará maiores detalhes sobre o assunto e nem identificará a pessoa investigada "em respeito à privacidade de Rezai".

A jogadora, de 23 anos, nasceu em Saint-Etienne, na França, tem ascendência iraniana e mora na Suíça. Segundo o guia da WTA, ela trabalha com dois parentes: seu irmão, Anouch, é seu técnico, e sua mãe, Nouchine, é sua fisioterapeuta.

Rezai ocupa a 22ª colocação no ranking da WTA e tem quatro títulos como profissional, dois conquistados em 2009 (em Strasbourg e na Indonésia) e outros dois em 2010 (em Madri e em Bastad).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisWTAAravane Rezai

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.